Máquina de Bonetti

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde janeiro de 2015)
Por favor, melhore este artigo inserindo fontes no corpo do texto quando necessário.

A máquina de Bonetti é uma Máquina Eletrostática de alta tensão desenvolvida em 1894. Tecnicamente é uma versão da Máquina de Wimshurst, porém não possui setores metálicos nos discos, possibilitando um aumento significante de tensão de saída da máquina. A ausência dos setores metálicos faz com que a máquina precise de uma "excitação" externa para funcionar. É comum a máquina possuir escovas metálicas múltiplas nas barras neutralizadoras. Esta máquina pode facilmente produzir faíscas ou descargas elétricas com o comprimento de mais da metade do diâmetro dos discos, sendo assim uma das "poderosas" máquinas eletrostáticas de indução (ou influência).

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

De Antônio Carlos M. Queiroz "http://www.coe.ufrj.br/~acmq/eletrostatica.html"

Ícone de esboço Este artigo sobre Eletricidade é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.