Márcia Wayna Kambeba

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Márcia Wayna Kambeba
Nascimento Márcia Vieira da Silva
1979
Tabatinga
Cidadania Brasil
Etnia Cambebas
Alma mater
Ocupação poetisa, geógrafa
Página oficial
https://www.recantodasletras.com.br/autores/marciakambeba

Márcia Vieira da Silva, conhecida pelo nome artístico de Márcia Wayna Kambeba (Belém do Solimões, 1979) é uma poeta e geógrafa brasileira[1][2].

Biografia[editar | editar código-fonte]

De etnia Omágua/Kambeba, nasceu numa aldeia ticuna, onde viveu até os oito anos de idade, quando se mudou com a família para São Paulo de Olivença. Graduou-se em Geografia pela Universidade do Estado do Amazonas (UEA). Fez o mestrado na Universidade Federal do Amazonas e pesquisa o território e identidade da sua etnia[3][4].

Como poeta, adotou o nome indígena Wayna[5]. Sua poesia mostra semelhanças com a literatura de cordel e reflete a violência contra os povos indígenas e os conflitos trazidos pela vida na cidade[6].

Obra poética[editar | editar código-fonte]

  • 2013 - Ay kakyri Tama - Eu moro na cidade - Grafisa[7].

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]