Márcio Luiz Silva Lopes Santos Souza

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Márcio
Márcio
Informações pessoais
Nome completo Márcio Luiz Silva Lopes Santos Souza
Data de nasc. 24 de janeiro de 1981 (38 anos)[1]
Local de nasc. Aracaju, Sergipe (SE),  Brasil
Nacionalidade brasileira
Altura 1, 84 m[2]
Destro
Apelido Goleiro Artilheiro
Marcinho
Informações profissionais
Período em atividade 2002presente (16 anos)
Clube atual Brasil Goiânia
Número 1
Posição Goleiro
Site oficial Website oficial
Clubes de juventude
20002002 Brasil Bahia
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
20022006
2006
20072016
20162017
2018
20182019
Brasil Bahia
Brasil Fortaleza
Brasil Atlético Goianiense
Brasil Goiás
Brasil Ipatinga
Brasil Goiânia
0042 0000(0)
0002 0000(0)
0537 000(38)[3]
0013 0000(1)
0006 0000(0)
0025 0000(2)[4]


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 07 de abril de 2019.

Márcio Luiz Silva Lopes Santos Souza, mais conhecido como Márcio (Aracaju, 24 de janeiro de 1981), é um ex futebolista brasileiro que atuava como goleiro. É conhecido por ser o sexto maior goleiro-artilheiro da história do futebol mundial.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Bahia[editar | editar código-fonte]

Começou sua carreira no Bahia. Em 2002 fez sua primeira partida pelo time profissional. Neste ano foi reserva do goleiro Emerson, que acabou não deixando espaço para seu goleiro reserva atuar.

Virou titular ao final do Campeonato Baiano de 2004, apesar de Emerson ainda estar no esquadrão. Fez uma excelente campanha na Série B de 2004, quando o Bahia por muito pouco não subiu. A partir daí, virou ídolo da torcida tricolor.

Em 2005 foi novamente titular, valendo-se da contusão de seu colega Emerson. Quando Emerson voltou a jogar, na metade da Série B, Márcio saiu do time titular.

Fortaleza[editar | editar código-fonte]

Em 2006 foi vendido ao Fortaleza, onde fez apenas 2 partidas.

Atlético Goianiense[editar | editar código-fonte]

Em 2007 foi vendido ao Atlético Goianiense, e lá, nunca mais saiu da camisa 1. Em 2008, fez seu primeiro gol, o primeiro de um goleiro na história do Atlético. O fato ocorreu na partida contra o Grêmio, pela Copa do Brasil. A decisão da vaga foi para os pênaltis, em que Márcio realizou duas defesas e ainda converteu uma, classificando o time goiano para a próxima fase. No Dragão conquistou por quatro vezes o Campeonato Goiano (2007, 2010, 2011 e 2014), sendo o jogador que mais conquistou campeonatos goianos pelo Atlético Goianiense. Além de conquistar a Série C de 2008 e o 4º lugar na Série B de 2009, alcançado o acesso à Série A depois de 24 anos. Além disso, foi semifinalista da Copa do Brasil de 2010.

Na Série A de 2011, depois de 14 anos superou o maior goleiro artilheiro da história, Rogério Ceni do São Paulo na artilharia, ficando 3 contra 2 gols, respectivamente, graças a um belo gol de falta, na última rodada, na goleada por 5 a 1 diante do América Mineiro. Algo inédito na história do Dragão. Mas leva uma desvantagem contra Rogério Ceni: Levou um gol dele no dia 28 de novembro de 2011. O jogo terminou empatado em 1 a 1.[5][6]Em 26 de fevereiro de 2012, Márcio completou 300 jogos pelo Atlético Goianiense.[7]Mas não conseguiu evitar a derrota do time por 2 a 0 e acabou sendo rebaixado.[8]Fez o gol da vitória do time de virada contra o Santos por 2 a 1 no dia 10 de novembro.[9][10]Na última rodada do campeonato brasileiro, Márcio sofreu um gol após falha do zagueiro Gustavo e seu time já rebaixado perdeu em casa por 1 a 0 para o Bahia com gol de Rafael em 2 de dezembro.[11][12][13]

No dia 14 de outubro de 2014, Márcio completou 450 jogos diante do Avaí, onde o "Dragão" venceu por 2 a 0.[14]

No dia 18 de setembro de 2015, Marcio completou 500 jogos pelo Atlético Goianiense, em uma partida contra o América Mineiro, onde a partida terminou de 1 a 1.[15]. É o recordista de partidas com a camisa do Dragão com um total de 537 jogos.

Goiás[editar | editar código-fonte]

No dia 26 de julho de 2016, após 10 anos no Atlético, Márcio foi anunciado como o goleiro do rival Goiás com contrato até dezembro de 2017.[16]

Ipatinga[editar | editar código-fonte]

Em 6 de fevereiro de 2018, Márcio foi anunciado pelo Ipatinga, com contrato firmado até o fim da temporada.[17]

Goiânia[editar | editar código-fonte]

Em 9 de maio de 2018, Márcio foi anunciado pelo Goiânia. Foi contratado pelo clube alvinegro visando a disputa do Campeonato Goiano da Segunda divisão. Disputou as 14 partidas do campeonato, marcando um gol[18] em um rebote de uma cobrança de pênalti[19], na vitória fora de casa contra a Jataiense por 2 a 1. Ao final do campeonato, o Goiânia terminou a competição na terceira colocação, garantindo o acesso à divisão principal de Goiás após 11 anos.

Retornou ao clube para disputar o Campeonato Goiano de 2019[20].

Títulos[editar | editar código-fonte]

Bahia
Atlético Goianiense
Goiás

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. [1]
  2. «Perfil de Márcio Luiz Silva Lopes Santos Souza». Consultado em 23 de Agosto de 2012 
  3. [2]
  4. [3]
  5. «Atlético-GO vence, sai da lanterna e deixa São Paulo mais longe do G-4». Consultado em 30 de Março de 2008 
  6. «Atlético-GO fica no 1 a 1 com o São Paulo». Consultado em 25 de Julho de 2012 
  7. Contra o Itumbiara, goleiro Márcio chega aos 300 jogos pelo Atlético-GO
  8. Atlético-GO é o primeiro time a ser rebaixado
  9. Dragão apronta no 100º jogo de Neymar e vira para cima do Santos
  10. Márcio estraga festa de Neymar e Santos é vencido pelo Atlético-GO
  11. «Bahia derrota o Atlético-GO no Serra Dourada e assegura vaga na série a». Consultado em 30 de Novembro de 2012 
  12. «Bahia marca no fim, vence Atlético-GO e assegura permanência na Série A». Consultado em 1 de Dezembro de 2012 
  13. «Placar - Rafael substituiu Zé Roberto na vitória do Bahia sobre o Atlético-GO». Consultado em 2 de Dezembro de 2012 
  14. Série B: Ídolo do Atlético-GO, goleiro Márcio atinge 450 jogos pelo clube
  15. Com gols e títulos no caminho, Márcio chega aos 500 jogos pelo Atlético-GO
  16. «Após 10 anos no Atlético-GO, goleiro Márcio acerta com o rival Goiás». Consultado em 26 de julho de 2016 
  17. Márcio, o goleiro artilheiro, é anunciado pelo Ipatinga para a disputa do Módulo II
  18. «Campeonato Goiano - Segunda Divisão 2018 - Jataiense 1 x 2 Goiânia». Futebol de Goyaz. Consultado em 5 de fevereiro de 2019 
  19. TV Jataí, 09 08 18 JATAIENSE 1X2 GOIÂNIA, consultado em 5 de fevereiro de 2019 
  20. «Com goleiro Márcio e lateral-direito Vítor, Goiânia apresenta elenco e inicia pré-temporada». Globoesporte. Consultado em 5 de fevereiro de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]