Mário Eduardo Viaro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Mário Eduardo Viaro
Nascimento 1968 (51 anos)
Botucatu, São Paulo
Alma mater Universidade de São Paulo
Magnum opus Etimologia (2011)
Escola/tradição Etimologia
Página oficial
Blog do Mário Viaro

Mário Eduardo Viaro (Botucatu, 1968) é um linguista e tradutor brasileiro conhecido por suas pesquisas sobre etimologia e morfologia histórica da língua portuguesa.[1][2] É pós-doutor pela Universidade de Coimbra e professor livre-docente da Universidade de São Paulo, onde coordena o Núcleo de Apoio à Pesquisa em Etimologia e História da Língua Portuguesa.[3][4][5] Foi colunista da revista Língua Portuguesa de 2006 a 2015 e um dos organizadores do "Beco das Palavras", do Museu da Língua Portuguesa, em São Paulo.[6] É membro correspondente pelo Estado de São Paulo da Academia Brasileira de Filologia.[7]

Bibliografia selecionada[editar | editar código-fonte]

Livros[editar | editar código-fonte]

  • Por trás das palavras: manual de etimologia do português (Globo, 2003)
  • Etimologia (Contexto, 2011)
  • Morfologia Histórica (organizador; Cortez, 2013)

Artigos[editar | editar código-fonte]

  • "A importância do latim na atualidade" (em Revista de ciências humanas e sociais 1 (1), 1999)
  • "As proparoxítonas e o sistema acentual do português" (com Gabriel Araújo, Zwinglio Guimarães Filho e Leonardo Oliveira; em O acento em português: abordagens fonológicas, Parábola, 2007)
  • "Análise quantitativa da frequência dos fonemas e estruturas silábicas portuguesas" (com Zwinglio Guimarães Filho; em Estudos linguísticos 36 (1), 2007)

Tradução[editar | editar código-fonte]

  • O português brasileiro: formação e contrastes (de Volker Noll; Globo, 2008)

Referências

  1. Hilgert, Mariana (julho de 2009). «Por trás das línguas: entrevista com Mário Eduardo Viaro» (PDF). Língua. Consultado em 18 de novembro de 2019 
  2. Nicoleti, Thaís (24 de novembro de 2014). «"É lamentável pensar que a etimologia seja inútil", diz prof. Mário E. Viaro». Folha de S. Paulo. Consultado em 18 de novembro de 2019 
  3. «Grupo da USP desenvolve dicionário etimológico do português». Plataforma 9. Consultado em 18 de novembro de 2019 
  4. da Silva, José Carlos (26 de julho de 2011). «Mário Eduardo Viaro: «O conceito de língua é complexo, mas sobrepõe-se normalmente o político e não o puramente linguístico»». Portal Galego da Língua. Consultado em 18 de novembro de 2019 
  5. Nunes, José (30 de novembro de 2017). «Como escreve Mário Eduardo Viaro». Como eu escrevo. Consultado em 18 de novembro de 2019 
  6. Castellón, Lena (23 de setembro de 2018). «Festival do Clube 2018: Papo reto com o maior etimólogo do país, nesta segunda, 24». Clube de Criação de São Paulo. Consultado em 18 de novembro de 2019 
  7. Santos, Alice (2018). «Entrevista com Mário Eduardo Viaro». Metalinguages. 5 (1). Consultado em 18 de novembro de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]