Márta Sebestyén

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Márta Sebestyén
Nascimento 19 de agosto de 1957 (65 anos)
Budapeste
Cidadania Hungria
Ocupação cantoraflauta, voz
Prêmios
  • Prêmio Kossuth (1999)
  • Prêmio Franz Liszt (1991)
  • Kölcsey memorial plaque (2012)
Página oficial
http://www.martasebestyen.com/

Márta Sebestyén (Budapeste, 19 de agosto de 1957) é uma cantora de música tradicional, compositora e atriz húngara.[1]

A sua mãe era compositora e foi aluna de Zoltán Kodály, e seu pai era economista e escritor. Quando Márta Sebestyén tinha sete anos, o seu pai, regressando de uma viagem aos Estados Unidos como professor convidado com uma bolsa da Ford Foundation, trouxe-lhe uma grande coleção de música tradicional da Smithsonian Institution. Sebestyén estudou na escola Miklós Radnóti em Budapeste.

Sebestyén é membro fundador do grupo folclórico húngaro Muzsikás. É conhecida pelas adaptações de canções folclóricas Somogy e Erdély, algumas das quais aparecem no álbum Boheme de Deep Forest, que recebeu o Grammy Award para melhor álbum de world music em 1996. Ela também adaptou canções folclóricas hindis, iídiches, sérvias, búlgaras, e eslovacas ao estilo tradicional húngaro. Cantou e contribuiu com material para o álbum Kaddish by Towering Inferno (Richard Wolfson e Andy Saunders, 1993). Também cantou "Rivers" no álbum de vários artistas Big Blue Ball lançado em 2008.

A canção de Sebestyén "Szerelem, szerelem", interpretada com Muzsikás, foi apresentada no filme The English Patient (1996). Mais três canções que gravou com Muzsikás apareceram no filme japonês Only Yesterday (1991) de Studio Ghibli: "Tertés" ("Criação"), "Hajnali nóta" ("Canção da Manhã"), e "Fuvom az énekem" ("Eu Canto a Minha Canção").[2] O filme music box de 1989 de Costa-Gavras contou com a metade de abertura da música "Mária altatója", de Sebestyén.

Em 1 de junho de 2010 Márta Sebestyén foi premiada com o título de Artista pela Paz da UNESCO.[3]

Discografia selecionada[editar | editar código-fonte]

Como artista principal[editar | editar código-fonte]

  • Márta Sebestyén and Muzsikás (Hannibal, 1987)
  • Apocrypha (Hannibal, 1992)
  • Kismet (Hannibal, 1996)

Com outros artistas[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Colin Larkin, ed. (2000). The Virgin Encyclopedia of Nineties Music First ed. [S.l.]: Virgin Books. p. 345. ISBN 0-7535-0427-8 
  2. «CD // Only Yesterday t». Nausicaa.net 
  3. «Hungarian folk singer Sebestyen UNESCO Artist for Peace». culture.hu. Hungarian Ministry of National Resources. 2 de junho de 2010. Cópia arquivada em 21 de julho de 2011  Parâmetro desconhecido |url-status= ignorado (ajuda)