Máscara (coméstica)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Uma mulher com uma máscara facial

Máscaras faciais ou cosméticas foram inventadas na Inglaterra no século XVIII por Madame Rowley.[1]  As máscaras faciais geralmente contêm minerais, vitaminas e sucos de frutas, como cactos e pepinos. Existem diferentes tipos de máscaras para diferentes propósitos.

O mel é a máscara mais popular porque amacia a pele e limpa os poros. Os tratamentos populares em casa incluem cortes de pepino nos olhos.[2]  Algumas pessoas também usam picles.[3][4]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Constanti, Jessica (28 de novembro de 2018). «What is a sheet mask». Procoal. Consultado em 6 de janeiro de 2019 
  2. Joni Loughran (2002). Natural Skin Care. [S.l.]: B. Jain Publishers. pp. 113–. ISBN 978-81-7021-995-8 
  3. Leiva, Courtney (14 de julho de 2015). «I Tried Putting A Pickle Juice Toner On My Face». Bustle. Consultado em 17 de março de 2018 
  4. «NowMi facial treatment»  Thursday, 3 January 2019