Mântica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde janeiro de 2016)
Por favor, melhore este artigo inserindo fontes no corpo do texto quando necessário.

Mântica (grego: manteia, arte do vidente; -mancia). Capacidade de prever o futuro de modo extra-racional. A mântica tem por objetivo a percepção do saber e da vontade de entidades superiores para orientar o agir humano.

Costuma-se dividir a mântica em mântica intuitiva e mântica indutiva.

Mântica indutiva[editar | editar código-fonte]

A mântica indutiva percebe o saber e a vontade do ente superior de modo direto.

Mântica intuitiva[editar | editar código-fonte]

A mântica intuitiva tenta perceber o saber e a vontade do ente superior através de elementos que indiretamente revelam as coisas ocultas.

Neste grupo o Tarot é um bom exemplo.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  • Cícero. De Divinatione - Obra latina de Cícero (séc. I) sobre mântica. «quandam inter homines divinationem, quam Graeci mantikh appellant...» (Texto original latino)
Ícone de esboço Este artigo sobre arte ou história da arte é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.