Mãos Vazias (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Mãos Vazias
Mãos Vazias (BRA)
 Brasil
1971 •  90 min 
Direção Luiz Carlos Lacerda
Roteiro Luiz Carlos Lacerda
Elenco Leila Diniz
Ana Maria Magalhães
Género drama
Idioma Não disponível

Mãos Vazias é um filme brasileiro, realizado em 1971, do gênero drama, dirigido por Luiz Carlos Lacerda.[1]

Foi o último filme estrelado por Leila Diniz, que morreu em viagem à Austrália para promover o filme.

Um retrato da tradicional família mineira, baseado na história original do escritor Lúcio Cardoso.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Ida é mineira de formação burguesa, católica, neta de barões; Felipe, seu marido, é moralista e cheio de princípios, alto funcionário em grande organização bancária. O casal desfruta de boa posição social em Curvelo, onde vive. Felipe tendo herdado uma fazenda em Vila Velha, cidade natal de ambos, resolve cultivar suas terras, colocar o engenho em funcionamento, educar o filho em boa escola no Rio de Janeiro. Chegando à Vila Velha, os dois travam conhecimento com Ana e Mário, descrentes do casamento. A morte do filho leva Ida e romper com o seu status: abandona o marido e mata gratuitamente um amante eventual.

Elenco[2][editar | editar código-fonte]

Elenco Original
Ator Papel
Leila Diniz Ida
José Kleber Felipe
Arduíno Colassanti Mário
Ana Maria Magalhães Ana
Irene Stefânia
Nildo Parente
Hélio Fernando
Ana Maria Miranda
Manfredo Colassanti

Referências

  1. «Mãos Vazias». Portal Brasileiro de Cinema. Consultado em 17 de novembro de 2013 
  2. «Mãos Vazias». Cinemateca Brasileira. Consultado em 18 de fevereiro de 2017