Mærsk Mc-Kinney Møller

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mærsk Mc-Kinney Møller
Nascimento 13 de julho de 1913
Copenhagen,  Dinamarca
Morte 16 de abril de 2012 (98 anos)
Nacionalidade dinamarquês
Cônjuge Emma Neergaard Rasmussen
Ocupação empresário e filântropo

Arnold Mærsk Mc-Kinney Møller (Copenhaga, 13 de julho de 1913 - Copenhaga, 16 de abril de 2012) foi um magnata da marinha mercante dinamarquês, conhecido também por seu trabalho filantrópico.[1]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Era filho do também dinamarquês Arnold Peter Møller, fundador da AP Moller - Maersk Grupo e de Chastine Estelle Roberta McKinney de origem norte-americana. Foi casado com sua namorada de colégio, Emma Neergaard Rasmussen. Eles tiveram três filhas: Leise Maersk Mc-Kinney Moller, Kirsten Mærsk Mc-Kinney Olufsen, e Ane Mærsk Mc-Kinney Uggla. Ocupou a posição 557ª na lista de bilionários da Forbes (2007). Com uma fortuna estimada de 123 bilhões de coroas dinamarquesas era a pessoa mais rica da Dinamarca até a sua morte.[2]

Era uma pessoa próxima à família real da Dinamarca, e pertencia a Ordem do Elefante.[1] Uma de suas mais notáveis contribuições foi a construção da Casa de Ópera de Copenhague.[3]

Esteve a frente da AP Moller - Maersk Grupo de 1965 até 2003, quando se afastou da presidência da empresa.[1]

Referências

  1. a b c «Mærsk Mc-Kinney Møller obituary» (em inglês). The Guardian. Consultado em 3 de agosto de 2012 
  2. «Maersk Mc-Kinney Moller» (em inglês). Revista Forbes. Consultado em 3 de agosto de 2012 
  3. «Nordmændenes kompromisløse opera» (em dn). Consultado em 3 de agosto de 2012 
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.