Método de Brent

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde março de 2015). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde março de 2015).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.

Em análise numérica o método de Brent, também conhecido como Brent-Dekker, é um método misto que combina abordagem de enquadramento e busca. Proposto por Richard Brent, é usado para encontrar raízes de funções[1]. O algoritmo combina o método da bissecção, o método das secantes e a interpolação quadrática inversa.

Funcionamento[editar | editar código-fonte]

A combinação dos métodos de enquadramento e busca objetiva extrair o melhor resultado de cada método, alternando entre os mesmos, minimizando suas desvantagens. Como entrada é exigido um intervalo contendo a raiz e a função para a qual visa-se calcular uma raiz.

Principais características[editar | editar código-fonte]

O método de Brent se destaca pelas seguintes vantagens:

  • Convergir rapidamente se as condições iniciais forem "favoráveis".
  • Não é necessário o cálculo da derivada.
  • Na maioria dos casos o método converge para a solução.

A sua principal desvantagem é que o algoritmo exige que a raiz procurada esteja no intervalo inicialmente fornecido.

Referências

  1. «Faça exemplos com O Monitor». omonitor.io. Consultado em 25 de março de 2016 
Ícone de esboço Este artigo sobre matemática é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.