Música ao Longe (telenovela)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Música ao Longe foi uma telenovela brasileira exibida pela TV Cultura entre 30 de agosto e 24 de setembro de 1982, às 19h30. Baseada no romance homônimo de Érico Veríssimo, foi escrita por Mário Prata.

Enredo[editar | editar código-fonte]

A história é construída do ponto de vista da jovem Clarissa, professora em Jacarecanga, e que vive com a família que, de origem rica, está declinando. Em meio à monotonia da cidadezinha do interior do Rio Grande do Sul e da tristeza pela dissolução de sua família, a moça sonha com sua aproximação com um primo, Vasco.

Os outros personagens da trama são João de Deus, estancieiro arruinado; Jovino e Amâncio, com dificuldades financeiras, dominados pelo vício; Dona Zezé, uma velhinha que vive voltada para o passado; Cleonice e Pio, noivos há doze anos; Seu Leocádio, o velhote dos mistérios, dono do único telescópio existente em Jacarecanga, charadista, poeta, músico e que entende de almanaques; e, por fim, Vasco, rapaz esquivo, agressivo e misterioso, que desperta Clarissa para o amor.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • Mais uma vez Mário Prata adaptava uma obra de Érico Veríssimo para a série "Tele-Romance", da TV Cultura - no ano anterior foi ao ar O resto é silêncio.
  • A adaptação mesclava, numa mesma narrativa, duas épocas de história: 1910 e 1935, sem maiores complicações.
  • A exemplo de Iaiá Garcia, a TV Cultura mais uma vez promoveu um concurso literário incentivando os estudantes a compararem a obra escrita com a adaptação para a televisão.
  • E, com 17 romances adaptados para a televisão, chegava ao fim a série "Tele-Romance".

Ligações externas[editar | editar código-fonte]