M*A*S*H (série de televisão)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde julho de 2012).
Por favor, adicione mais referências inserindo-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
M*A*S*H
MASH TV cast 1975.JPG
Alan Alda e companheiros em 1975
Informação geral
Formato Série
Gênero Guerra
Comédia
Duração 30 minutos
País de origem  Estados Unidos
Idioma original Inglês
Produção
Elenco Alan Alda
Wayne Rogers (1972-1975)
McLean Stevenson
Emissora de televisão original Estados Unidos CBS
Transmissão original 28 de fevereiro de 1983
N.º de temporadas 11
N.º de episódios 251

M*A*S*H foi uma premiada série de televisão americana. Do género comédia dramática, foi exibida pela CBS entre 17 de setembro de 1970 e 28 de fevereiro de 1983.

Era inspirada no filme homônimo dirigido por Robert Altman e baseado no romance de Richard Hooker, que ganhou a Palma de Ouro em Cannes em 1970 e o Óscar de Melhor Roteiro (adaptado). Foi um dos mais importantes manifestos antibélicos da TV. O seriado tinha como alvo a Guerra do Vietnã, que na época atingia o seu auge, mas a série abordava uma guerra anterior: a Guerra da Coréia, igualmente violenta.

A série transformou-se numa das de maior sucesso e duração dos EUA, ficando onze anos no ar, num total de 251 episódios. O episódio final da série, exibido em 1983, manteve o recorde de audiência da televisão norte-americana (105,97 milhões de espectadores) até o dia 7 de fevereiro de 2010, sendo superado pela 44ª edição do Super Bowl (106,5 milhões)[1].

Elenco

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

A série acompanhava o cotidiano de um grupo de militares nos bastidores das batalhas que tinham como tarefa cuidar dos feridos. Os protagonistas eram os capitães Franklin Pierce (Alan Alda) e John McIntyre (Wayne Rogers). Fazia também uma crítica ácida e incisiva a todas as formas de poder.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Se(c)ções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios (desde janeiro de 2010).
  • Alan Alda, único ator a participar de todos os episódios da série, continua, aos 71 anos, tendo uma intensa carreira cinematográfica. Recentemente esteve no elenco de O Aviador, concorrendo ao Óscar de Melhor Ator (coadjuvante/secundário);
  • Alan Alda era tão envolvido com a série que escreveu e dirigiu vários episódios. É a única pessoa a ganhar novos prémios Emmy pelo mesmo programa e em diferentes funções (ator, roteirista e diretor);
  • Goodbye, Farewal and Amen (Na Guerra nunca Mais) era o nome do último episódio da série, que foi ao ar em fevereiro de 1983;
  • Foi a primeira série nos EUA a usar a expressão son-of-a-bitch.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre séries de televisão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde janeiro de 2010).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.