M. Dias Branco

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
M. Dias Branco
Razão social M. Dias Branco S.A
Empresa de capital aberto
Slogan Tradição & Qualidade
Cotação BM&F Bovespa: MDIA3
Atividade Alimentícia
Gênero Sociedade Anônima
Fundação 1936 em Fortaleza, Ceará,  Brasil
Fundador(es) Manoel Dias Branco
Sede Eusébio, Ceará,  Brasil
Presidente Francisco Ivens de Sá Dias Branco Júnior
Empregados 14.000[1]
Produtos Biscoitos
Massas
Bolos
Lanches
Farinha de trigo
Margarinas
Gorduras vegetais
Valor de mercado Aumento R$ 14,465 bilhões (Nov/2018)[2]
Lucro Aumento R$ 1,63 bilhões (2013)[3]
LAJIR Aumento R$ 673,8 milhões (2013)[3]
Faturamento Aumento R$ 4,31 bilhões (2013)[3]
Website oficial www.mdiasbranco.com.br

M. Dias Branco S.A. Indústria e Comércio de Alimentos é uma companhia de alimentos que fabrica, comercializa e distribui biscoitos, massas, bolos, lanches, farinha de trigo, margarinas e gorduras vegetais em todo o Brasil, com sede na cidade de Eusébio, Ceará.

É uma empresa de capital aberto, registrada no segmento Novo Mercado da BOVESPA, com as ações negociadas sob o código MDIA3.[4] Trata-se da empresa líder no ramo de massas alimentícias do país, detém 26,1% do mercado brasileiro de biscoitos e 25,4% do de massas,[5] segundo a Ac Nielsen (mar.abr/2012), e o terceiro maior produtor brasileiro de farinha de trigo. Emprega quase catorze mil empregados, tem quatorze unidades industriais e 25 centros de distribuição espalhados pelo País, e está presente nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Paraná, Espírito Santo, Bahia, Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Rio Grande do Norte, Ceará, Maranhão, Piauí, Paraíba, Amazonas, Goiás e Pará, além do Distrito Federal (Brasília) e futuramente em Juiz de Fora, Minas Gerais.

História[editar | editar código-fonte]

Biscoito Adria da marca M Dias Branco.

A M. Dias Branco S/A surgiu a partir de um empreendimento do então futuro empresário, Manoel Dias Branco, na cidade de Cedro, Ceará, Depois a Padaria Imperial. O ano era 1936 e em sua padaria, Dias Branco produzia pães, biscoitos e o macarrão da marca Imperial para a população de Fortaleza. A padaria ficava na movimentada Avenida Visconde do Rio Branco.[6][7]

Em 1940 Manuel moderniza sua empresa, instalando máquinas para produção do macarrão Imperial e expande seus negócios, formando uma sociedade com seus irmãos José e Orlando, criando a empresa M. Dias Branco & Irmãos (O "M." vem de Manuel, o primeiro nome do fundador). Em 1951 a padaria muda de endereço e de nome. A "Padaria Fortaleza" foi transformada numa fábrica de biscoitos e massas, que recebeu o nome de "Fábrica Fortaleza" em 1953 quando Francisco Ivens de Sá Dias Branco entra na sociedade, mudando o nome da empresa para "M. Dias Branco & Cia.ltda." (lembrando, mais uma vez, que o "M." vem da abreviação de Manuel). No ano seguinte a empresa então investe em máquinas pesadas e trabalhando em três turnos cria a bolacha Pepita que foi o seu primeiro grande sucesso.

Na década de 1960 a empresa passa por grandes mudanças. Em 1962 são lançados novos produtos, dentre eles o biscoito Petit Beure e também é criado o personagem "Fortinho", como mascote da Fábrica Fortaleza,até então a única unidade da Empresa. Já no final da década, em 1967 a fábrica passa por sua primeira expansão quando começa a produzir a linha "Extra-Fina".

Caminhão dos produtos.

Os anos de 1970 foram de consolidação para a Empresa que passou a produzir massas para as regiões Norte e Nordeste, alcançando a liderança nestas regiões. Em 1972 a bolacha cream cracker passa a ser um dos produtos mais populares. Em 1976 a nova sede da Fábrica Fortaleza começa a ser construída na BR-116, km 18, no município do Eusébio (CE), em um terreno de 600.000 m², sendo atualmente uma das maiores fábricas de biscoitos e massas da América Latina. Com o lançamento da linha "Rochester" em 1978 a empresa alcança novos patamares de vendas, elevando ainda mais sua participação no mercado.

Em 1980 foi concluída a construção das novas instalações da fábrica de biscoitos e massas, no município do Eusébio (CE), mantendo-se o nome de "Fábrica Fortaleza". Com as novas instalações a empresa expande ainda mais sua produção e atuação no mercado do Norte-Nordeste. Para melhorar a qualidade de seus produtos a empresa cria em 1985 o Centro de Pesquisas e Análises – CPA para certificação e desenvolvimento de novos produtos. Em 1991 a empresa robotiza os sistemas de embalagens de seus produtos.

Em 1992 a M. Dias Branco expande suas atividades e inaugura a sua primeira unidade de moagem de trigo e produção de farinha e farelo de trigo, constituindo-se no maior moinho do Brasil em capacidade de armazenamento de trigo e derivados. Esse investimento representou o primeiro passo para a verticalização do processo de produção de biscoitos e massas da Empresa. Em 1999 a empresa lança o salgadinho Tot's.

Em 2000 a empresa obtém a certificação ISO 9000 e é eleita pela revista Exame como a melhor empresa do segmento no Brasil. Ainda em 2000 a empresa inaugura uma nova unidade de moagem de trigo, denominada Grande Moinho Potiguar, em Natal, Rio Grande do Norte, e inicia a construção de nova unidade industrial, abrangendo um moinho de trigo, uma fábrica de biscoitos, uma fábrica de massas e um porto privativo de uso misto. Este complexo é denominado de Grande Moinho Aratu, e está situado no estado da Bahia. Em 2002 é inaugurada uma nova unidade industrial, dedicada à fabricação de margarinas e gorduras vegetais, dando-se o segundo passo para o aprofundamento da verticalização do processo de produção de biscoitos e massas. Neste momento a Empresa já produzia sua própria farinha de trigo e sua própria gordura vegetal, dois dos principais insumos na produção de biscoitos e massas.

Em 2003, Empresa Adria Alimentos do Brasil Ltda, com sede na cidade de São Caetano do Sul (SP) é absorvida pela M.Dias Branco. Com esta aquisição a M Dias Branco S/A adicionou a sua estrutura de produção as quatro unidades industriais então possuídas pela Adria, sediadas em (São Caetano do Sul-SP), (Bento Gonçalves-RS), (Jaboticabal-SP) e (Lençóis Paulista-SP). Esta aquisição conferiu à M. Dias Branco a liderança destacada nos mercados de biscoitos e massas no Brasil (segundo a Ac Nielsen), adicionando ao seu portfólio as marcas Adria, Zabet, Isabela e Basilar. Ainda nesse ano entram em operação mais dois complexos mistos de fabricação e logística (moinho,fabrica e centro de distribuição), localizados no estado da Bahia e na Paraíba.

O ano de 2006 foi um dos mais importantes para a história da M. Dias Branco S/A por sua abertura de capital, com o início de negociação de suas ações na Bolsa de Valores de São Paulo (BOVESPA), e ingresso no segmento do Novo Mercado, no mais alto nível de governança corporativa exigido no mercado de capitais brasileiro. Com essa iniciativa, aproximadamente 18% do então capital social da Empresa passou, mediante oferta secundária de ações, para as mãos de investidores brasileiros e estrangeiros.

Em 7 de abril de 2008 a empresa adquiriu, através de sua controlada Adria Alimentos do Brasil Ltda, a totalidade do capital social da empresa pernambucana Indústria de Alimentos Bom Gosto Ltda, conhecida pela sua principal marca,a Vitarella. Com essa aquisição a M Dias Branco S/A, ampliou a expressiva liderança no mercado brasileiro de massas e biscoitos, consolidando-se, ainda mais, como a maior empresa brasileira nesta área. Em novembro de 200,a Indústrias de Alimentos Bomgosto Ltda - Vitarella - passou a ser diretamente controlada pela M Dias Branco S/A.

Em 26 de abril de 2011 a empresa adquiriu, por intermédio de sua controlada integral Indústrias de Alimentos Bomgosto Ltda - Vitarella, a totalidade das ações do capital da NPAP Alimentos S/A,responsável pela marca PILAR, ampliando mais ainda sua já consolidada liderança nacional nos segmentos de biscoitos e massas.

Após essa última aquisição, a M Dias Branco S/A, se tornou a maior companhia de massas e biscoitos do Brasil, líder nacional isolada nesses segmentos segundo pesquisas da AC Nielsen, possuindo 12 unidades industriais e 23 centros de distribuição de seus produtos, cobrindo, com equipe própria ou com distribuidores/representantes,presente nos 26 estados e no DF,cobrindo todo o território brasileiro, gerando quase 12 mil empregos diretos.

Em dezembro de 2011, a M. Dias Branco anunciou a aquisição das empresas do Grupo Estrela (Pelágio Participações S/A, Pelágio Oliveira S/A e da J. Brandão Comércio e Indústria Ltda), por R$ 240 milhões. As empresas adquiridas atuam sob o nome fantasia "Estrela" nas regiões Norte e Nordeste. A aquisição envolve as marcas "Estrela", "Pelággio", "Salsito" e "Estrela", sendo que a produção anual das marcas é de 87,6 mil toneladas de biscoitos, 51,6 mil toneladas de massas e 7 mil toneladas de snacks e bolos. A Estrela fechou 2010 com receita líquida de R$ 190,6 milhões. Do total do valor da aquisição, R$ 100 milhões foram pagos à vista nesta data, enquanto outros R$ 100 milhões serão pagos em quatro parcelas trimestrais de R$ 25 milhões. Os R$ 40 milhões restantes serão pagos ao final de seis anos.

Em março de 2012 a M. Dias Branco incorporou a controlada Adria Alimentos do Brasil Ltda, assumindo, na ocasião, todas as unidades industriais, unidades comerciais, marcas e empregados da mesma, sucedendo-a em todos os direitos e obrigações. A Adria Alimentos do Brasil Ltda foi, então, extinta.

Em Maio de 2012, a M. Dias Branco adquiriu a Moinho Santa Lúcia por 90 milhões de reais, segundo comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM). O pagamento será dividido em três etapas, sendo 45 milhões de reais pagos à vista, 27 milhões divididos em cinco parcelas de 5,4 milhões, e 18 milhões restantes a serem quitados nos próximos seis anos. Desde 1999, a Moinho Santa Lúcia atua na moagem de trigo, fabricação de seus derivados, além da industrialização e comercialização de biscoitos e massas alimentícias. Suas principais marcas são Predilleto e Bonsabor.

Em agosto de 2012 a M. Dias Branco concluiu a incorporação das empresas Pelágio Participações S/A, Pelágio Oliveira S/A e J. Brandão Comércio e Indústria Ltda, absorvendo, na ocasião, todas as unidades industriais, unidades comerciais, marcas e empregados das mesmas, sucedendo-as em todos os direitos e obrigações. As referidas controladas integrais foram extintas.

No ano de 2015 a M. Dias Branco adquiriu um moinho de trigo no município de Rolândia, no Estado do Paraná, mediante leilão público, objetivando aumentar o grau de verticalização em farinha de trigo para suas plantas do Sudeste e Sul do País.

No ano de 2018,a M. Dias Branco adquiriu mais uma empresa ao seu leque, a empresa de Alimentos Piraquê com sede no Rio de Janeiro. Com o desfecho da operação, a M. Dias Branco pretende acelerar o crescimento de suas marcas nas regiões Sul e Sudeste,além de refinar as suas marcas. Com 67 anos de história, a Piraquê foi comprada pelo valor aproximado de R$ 1,5 bilhão, o que se tornou a maior transação financeira já registrada do setor de biscoitos (superando a americana Kelloggs em 2016).Ao contrário das marcas pertencentes a M. Dias Branco,a marca Piraquê é considerada “premium” e tem o valor médio muito superior aos produtos das outras marcas do conglomerado,que são vistas como popularescas.

Marcas[editar | editar código-fonte]

Outras marcas do grupo são Fortaleza, Zabet, Basilar, Isabela, Medalha de Ouro, Puro Sabor, Finna, Estrela, entre outras.[10][11]

Unidades industriais[editar | editar código-fonte]

  • Fábrica Fortaleza: É a maior unidade industrial de biscoitos e massas alimentícias da América Latina com uma área total de 600 mil metros quadrados, sendo 120 mil metros quadrados de área construída. É responsável pela produção das marcas Fortaleza e Richester.
  • Moinho Dias Branco: É o moinho com maior capacidade de armazenagem de grãos do Brasil, sediado no Estado do Ceará.
  • Grande Moinho Potiguar: Tem área total de 10 mil metros quadrados onde abriga um moinho de trigo e uma fábrica de massas, sediado no Estado do Rio Grande do Norte;
  • Grande Moinho Aratu: Está instalado em um terreno de 344 mil metros quadrados, contendo um complexo com porto privativo e capaz de moer e industrializar o trigo produzindo as diversas marcas do grupo. Inclui uma fábrica de massas e biscoitos. Está situado no Estado da Bahia;
  • Grande Moinho Tambaú: Estando numa área de aproximadamente 40 mil metros quadrados abriga um moinho de trigo, uma fábrica de massas e um centro de distribuição regional. Está situado no Estado da Paraíba;
  • GME: moderna unidade industrial de produção de gorduras vegetais e margarinas. Está situada no Estado do Ceará;
  • São Caetano do Sul: unidade industrial de fabricação de massas alimentícias, sediada em São Caetano do Sul (SP);
  • Bento Gonçalves: unidade industrial de fabricação de biscoitos e massas, sediada em Bento Gonçalves (RS).
  • Jaboticabal: unidade industrial de fabricação de massas alimentícias, sediada em Jaboticabel (SP).
  • Lençois Paulista: unidade industrial de fabricação de biscoitos, sediada em Lençois Paulista (SP).
  • Maracanaú: unidade industrial de fabricação de biscoitos, massas, bolos e snacks, sediada no município de Maracanaú (CE).
  • Vitarella: unidade industrial de fabricação de biscoitos e massas, que leva o nome da marca Vitarella, sediada em Jaboatão dos Guararapes (PE), integrante da controlada Indústria de Alimentos Bom Gosto Ltda.
  • Pilar: unidade industrial de fabricação de biscoitos e massas, que leva o nome da marca Pilar, sediada no município do Recife (PE), integrante da controlada Indústria de Alimentos Bomgosto Ltda.
  • Aquiraz: unidade industrial de fabricação de biscoitos e massas, sediada no município de Aquiraz (CE), integrante da controlada Moinho Santa Lúcia Ltda.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]