M1918 (Fuzil Automático Browning)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Rifle, Caliber .30, Automatic, Browning, M1918
Army Heritage Museum B.A.R..jpg
BAR M1918
Tipo Fuzil automático
Metralhadora leve
Local de origem  Estados Unidos
História operacional
Em serviço 1918década de 1970
Guerras Primeira Guerra Mundial
Guerra Civil Espanhola
Segunda Guerra Mundial
Guerra da Coreia
Guerra do Vietnã (limitado)
Histórico de produção
Criador John Browning
Data de criação 1917
Período de
produção
1918–1970
Quantidade
produzida
100 000+
Variantes M1918A1, M1922 e M1918A2
Especificações
Peso 8,6 kg
Comprimento 1 214 mm
Comprimento 
do cano
610 mm
Cartucho .30-06 Springfield
.303 British
7,92×57mm Mauser (wz. 1928)
6,5×55mm (Kg m/21, m/37)
Calibre 7,62x63mm (.30-06 M2)
Ação operada a gás, culatra aberta
Velocidade de saída 805 m/s
Sistema de suprimento Carregador tipo caixa destacável de 20 munições

O Browning Automatic Rifle (BAR ou B.A.R.), é a designação de uma família de fuzis automáticos e metralhadoras leves americanas utilizados pelos Estados Unidos e vários outros países durante o século XX. A variante principal da série foi a BAR M1918, compartimentado para o cartucho de fuzil .30-06 Springfield e desenhado por John Browning em 1917 para a Força Expedicionária Americana na Europa como um substituto para o Chauchat de fabricação francesa e metralhadoras M1909 Benét-Mercié.[1]

O BAR foi concebido para ser transportado por soldados de infantaria avançavam, pendurada no ombro ou disparado a partir do quadril, um conceito chamado "andar atirando", necessário para o soldado durante a guerra de trincheiras. No entanto, na prática, foi mais frequentemente usado como uma metralhadora leve e disparado de um bipé (introduzida em modelos posteriores).

Variantes[editar | editar código-fonte]

Americanas[editar | editar código-fonte]

BAR M1918: modelo inicial, usado durante a parte final da Primeira Guerra Mundial e no período inter-guerras;
BAR M1922: variante metralhadora ligeira do BAR, adoptada em 1922, com um bipé, um monopé na coronha e um cano mais pesado com aletas de arrefecimento;
BAR M1918A1: aperfeiçoamento do M1918, produzido em 1937, com o acrescentamento de um bipé;
BAR M1918A2: versão do BAR produzida a partir de 1940 com capacidade de tiro totalmente automático com duas cadências "lenta" (300-500 tpm) e "rápida" (500-650 tpm) e bipé destacável. Posteriormente a sua coronha passou a ser de plástico. Esta versão tonou-se a mais comum do BAR;

Belgas[editar | editar código-fonte]

FN M1930/Browning wz. 1928: variante produzida inicialmente pela FN da Bélgica para as Forças Armadas Belgas (M1930) e Polacas (wz. 1928). Disparava a munição 7,92 mm Mauser e possuía um punho de pistola em vez de coronha. Mais tarde foi também produzida na Polónia;
FN BAR type D: subvariante do FN M1930, com um cano destacável para substituição rápida;

Suecas[editar | editar código-fonte]

Fuzileiro Naval americano lutando no Pacífico com o fuzil BAR.
Kulsprutegevär m/21: variante do BAR, construída nos EUA sob especificações suecas. Diferenciava-se do M1918 por possuir um punho de pistola destacável, bipé ponteado e usar munições de calibre 6,5 x 55 mm. Mais tarde foi também fabricado pela Carl Gustaf na Suécia;
Kulsprutegevär m/37: variante do m/21 com um cano de substituição rápida, introduzida em 1937 e usada pelas Forças Armadas Suecas até à década de 1980;

Outras[editar | editar código-fonte]

BAR cal .303 British: variante com calibre .303 utilizada em número limitado para armar a Home Guard (Milícia de Defesa Territorial Britânica) durante a segunda Guerra Mundial;
Colt R75: variante comercial do BAR produzida pela Colt durante as décadas de 1920 e 1930 para o mercado civil e para as agências de manutenção da lei;
Colt R80 Monitor: subvariante do R75 com um cano de 18 polegadas, caixa da culatra mais leve, cobertura da saída de ejeção e compensador de boca;
Ohio Ordnance Works 1918A3 SLR: versão moderna do BAR, com capacidade limitada a tiro semiautomático, desenvolvida para o mercado civil;
Barrow Scattergun: versão personalizada do BAR M1918, utilizada por criminosos na década de 1920, com o cano serrado e a coronha retirada. Ficou famoso pela sua utilização por Bonnie e Clide.

Referências

  1. Ballou, James L., Rock in a Hard Place: The Browning Automatic Rifle, Ontario, California: Collector Grade Publications Inc., ISBN 0-88935-263-1 (2000)
Este artigo relativo a armas de fogo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.