MSX-BASIC

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde maio de 2016).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde maio de 2016). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

MSX Basic é um dialeto da linguagem de programação Basic. É uma versão estendida do Microsoft Basic, com funções que incluiam suporte para gráficos, música e periféricos da plataforma MSX.

De modo geral, o MSX Basic foi feito para ser muito semelhante ao GW-Basic feito para o MS-DOS 3.0 de 1983. Durante o desenvolvimento do MSX Basic foi dada atenção especial à capacidade de expansão da própria linguagem, para torná-la de fácil adaptação dentro da plataforma MSX.

Distribuição[editar | editar código-fonte]

Ficheiro:MsxBasic.png
MSX Basic versão 3.0

MSX Basic era distribuído diretamente nos próprios computadores MSX, armazenado em Memória ROM. Quando um microcomputador MSX é ligado, ele inicializa o MSX Basic automaticamente (caso não tenha uma unidade de disquete com MSX-DOS ou outro sistema operacional, e nenhum slot de cartucho esteja ocupado com algum jogo ou aplicativo). Desta forma, ao comprar um microcomputador MSX o usuário já possui sua própria linguagem de programação, pronta para uso, e pronta para desenvolver vários aplicativos.

Ao ser carregado na inicialização, o MSX Basic ocupa parte da Memória RAM disponível, deixando a outra parte disponível para o usuário do microcomputador digitar o programa.

Ambiente de Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

Quando o MSX Basic é iniciado, o Ambiente de Desenvolvimento é carregado, contando apenas com uma mensagem de aviso indicando a versão do MSX Basic, a quantidade de Memória RAM disponível para o usuário, e um "prompt" de comando. Os programas são digitados linha por linha, e ao final podem ser executados ou armazenados em disquete.

Versões do MSX Basic[editar | editar código-fonte]

Todas as versões do MSX possuiam uma atualização da linguagem MSX Basic, permitindo que a mesma pudesse acessar as funcionalidades que eram lançadas para cada versão.

MSX Basic 1.0[editar | editar código-fonte]

  • Introduzida em 1983
  • Distribuída com os microcomputadores MSX1
  • 16 KB de ROM
  • Não possuia suporte para unidade de disquete, sendo adicionada na versão MSX Basic 1.1
  • Suporte para 4 modos de tela:
    • Screen 0 (Modo Texto: 40 colunas e 24 linhas)
    • Screen 1 (Modo Mixto: texto, sprites e caracteres coloridos)
    • Screen 2 (Modo Gráfico 1: 256 x 192 pixels, 16 cores)
    • Screen 3 (Modo Gráfico 2: 64×48 (blocos de 4×4 pixels))
  • Suporte ao chip AY-3-8910: Processador de Som

MSX Basic 2.0[editar | editar código-fonte]

  • Introduzida em 1985
  • Distribuída com os microcomputadores MSX2
  • 32 KB de ROM
  • Adicionou suporte ao novo chip VDP 9938, com suporte a 9 modos de tela
    • Screen 0 (Modo Texto atualizado para: 80 colunas e 24 linhas)
    • Screen 4 (Modo Gráfico 1: 256 x 192 pixels, 16 cores de uma palette de 512 cores)
    • Screen 5 (Modo Gráfico 1: 256 x 212/424 pixels, 16 cores de uma palette de 512 cores)
    • Screen 6 (Modo Gráfico 1: 512 x 212/424 pixels, 4 cores de uma palette de 512 cores)
    • Screen 7 (Modo Gráfico 1: 512 x 212/424 pixels, 16 cores de uma palette de 512 cores)
    • Screen 8 (Modo Gráfico 1: 512 x 212/424 pixels, 256 cores)

Screen 9 não foi padronizada no MSX Basic 2.0, mas foi "criada" em alguns modelos de computadores feitos na Koréia

MSX Basic 3.0[editar | editar código-fonte]

  • Introduzida em 1988
  • Distribuída com os microcomputadores MSX2+
  • 32 KB de ROM
  • Adicionou suporte ao novo chip VDP 9958, com suporte a 9 modos de tela
    • Screen 10 (Modo Gráfico 1: 256 x 212/424 pixels, 12499 cores)
    • Screen 11 (Modo Gráfico 1: 256 x 212/424 pixels, 12499 cores)
    • Screen 12 (Modo Gráfico 1: 256 x 212/424 pixels, 19268 cores)

A diferença entre Screen 10 e Screen 11 está no tratamento feito pelo VDP 9958.

MSX Basic 4.0/4.1[editar | editar código-fonte]

  • Introduzida em 1990
  • Distribuída com os microcomputadores MSX turbo R
  • Adicionou novas funções para operar o dispositivo PCM
  • Adicionou suporte ao MIDI

Extensões para o MSX Basic[editar | editar código-fonte]

Como o MSX Basic foi feito para ser expandido, vários usuários fizeram suas próprias funções e rotinas para melhorar a utilização desta linguagem. Uma das extensões mais famosas é chamada de Screen IV para o MSX 1 (que não deve ser confundida com a Screen 4 do MSX 2).

A Screen IV permitia a utilização em Modo Texto com 64 colunas e 24 linhas nos computadores MSX 1, ampliando suas possibilidades de uso.

Ligações Externos[editar | editar código-fonte]

  • MSX.org - Fórum de Discussão sobre o MSX.
  • MSXnet - Website com várias informações técnicas sobre o MSX
  • MSX.bas - Website dedicado a preservar e disponibilizar software escrito em MSX Basic, além de publicações relacionadas à linguagem.

Predefinição:Basic