MTOW

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, comprometendo a sua verificabilidade(desde março de 2017). Por favor, adicione mais referências inserindo-as no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Searchtool.svg
Esta página foi marcada para revisão, devido a incoerências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a coerência e o rigor deste artigo.

Peso máximo de decolagem (PMD, em inglês: Maximum Take-Off Weight, MTOW) é o peso máximo com o qual uma determinada aeronave pode alçar voo com segurança.

Esse limite é definido já no projeto da aeronave conforme limites estabelecidos pelas regras de certificação. Um avião é capaz de alçar voo com mais do que o peso máximo de decolagem, porém além de ilegal, essa prática implica operar fora dos limites de segurança e de performance mínima de subida.

Cálculo[editar | editar código-fonte]

Para o cálculo do peso máximo de decolagem, é necessário inicialmente saber o "peso operacional seco" da aeronave e em seguida calcular o peso da aeronave com "zero combustível", adicionando o peso relativo ao payload (carga, passageiros e bagagem). Finalmente soma-se o peso do combustível, descontando-se a quantidade estimada que será consumida no taxiamento antes da decolagem.[1]

Fatores que afetam o peso máximo de decolagem[editar | editar código-fonte]

  • Design da aeronave;
  • Tipo e potência dos motores;
  • Pressão do ar;
  • Altitude em relação ao nível do mar;
  • Temperatura do ar;
  • Extensão da pista;
  • Condições da pista (e.g. neve, chuva, detritos);
  • Obstáculos geográficos na rota de decolagem (e.g. montanhas).

Acidentes cuja causa foi excesso de peso na decolagem[editar | editar código-fonte]

  • 16 de março de 1969, Maracaibo, Zulia, Venezuela - aeronave comercial Douglas DC-9, com 5 000 lb (2 270 kg) além do peso máximo de decolagem, cai logo após a decolagem.[2]
  • 8 de abril de 2011, Sapezal (MT), Brasil - Aeronave agrícola Air Tractor AT-502B, com 850 kg além do peso máximo de decolagem, não conseguiu decolar e ultrapassou em 150 m o limite da pista, chocando-se contra obstáculos.[3]

Referências

  1. Norman J. Ashford (et al.) (2015). Operações Aeroportuárias. [S.l.]: Bookman Editora. 448 páginas. ISBN 9788582603314. Consultado em 13 de março de 2017 
  2. «Crashed plane said overloaded» (em inglês). Daytona Beach Morning Journal. 12 de julho de 1969. Consultado em 13 de março de 2017 
  3. «Foco: Importância do cálculo correto do peso máximo de decolagem em função do produto carregado durante operação aeroagrícola.» (PDF). ANAC. 18 de julho de 2014. Consultado em 13 de março de 2017 
Ícone de esboço Este artigo sobre aviação, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.