Maçã do Rosto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Maçã do Rosto (canção))
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
"Maçã do Rosto"
Canção de Djavan
do álbum A Voz, O Violão A Música de Djavan
Lançamento 1976
Gênero(s) samba, forró, MPB
Duração 03:15
Gravadora(s) Somlivre
Letra Djavan
Composição Djavan
Produção Guto Graça Mello, Aloysio de Oliveira, Victor
Faixas de A Voz, O Violão A Música de Djavan
"Na Boca do Beco"
(2)
"Para-Raio"
(4)

Maçã do Rosto é uma canção escrita pelo cantor e músico alagoano Djavan para seu álbum de estreia de nome homônimo lançado em 1976. A canção segue o estilo de samba, o que é a estrutura do álbum, mas na verdade o estilo em progressividade na faixa é o forró (sendo até hoje o único registro de Djavan nesse estilo musical).

A letra da canção segue um contexto e formato vocabulário frequentemente usado em canções que seguem o estilo de forró, como as de Dominguinhos, Alceu Valença, Luiz Gonzaga, entre outros, que se torna perceptível quando cantada: "Me ame devagarinho/sem fazer nenhum esforço/Tô doido por seu carinho/pra sentir aquele gosto/Que você tem na maçã do rosto/Que você tem na maçã do rosto"[1]

As notas de violão usadas são rápidas, além de adicionais, assim como a interpretação do cantor, onde se repete no refrão: C#7-F#7-B7-E7(9).[2]No contra-refrão a última nota do refrão se repete para forma-lo em notas também rápidas e parecidas no violão: E7(9)-B7-E7(9)

Covers[editar | editar código-fonte]

  • O cantor Lenine regravou "Maçã do Rosto" para o álbum Songbook: Djavan, onde usou somente o gênero samba.[3]
  • O grupo de forró Guentaê regravou a canção, totalmente em versão forró.[4]

Existem vários covers amadores de "Na Boca do Beco" (entre muito deles que circulam pela internet):[5]

  • Paulo Ney
  • Fred Fevereiro

Ficha Técnica[6][editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]