Macaubal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Município de Macaubal
Bandeira de Macaubal
Brasão de Macaubal
Bandeira Brasão
Hino
Fundação 2 de maio de 1924 (94 anos)
Gentílico macaubalense
Prefeito(a) João Florentino (PSDB)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Macaubal
Localização de Macaubal em São Paulo
Macaubal está localizado em: Brasil
Macaubal
Localização de Macaubal no Brasil
20° 48' 21" S 49° 57' 50" O20° 48' 21" S 49° 57' 50" O
Unidade federativa  São Paulo
Mesorregião São José do Rio Preto IBGE/2008[1]
Microrregião Nhandeara IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Nhandeara, União Paulista, Monções, Turiúba, Planalto, Sebastianópolis do Sul
Distância até a capital 500 km
Características geográficas
Área 510,1 km² [2]
População 7 663 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade 15,02 hab./km²
Altitude 516 m
Clima Tropical / Ameno
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,781 elevado PNUD/2000[4]
PIB R$ 84 925 mil IBGE/2009[5]
PIB per capita R$ 11 069,41 IBGE/2009[5]

Macaubal é um município brasileiro do estado de São Paulo. A cidade tem uma população de 7.663 habitantes (IBGE/2010).[2]

História[editar | editar código-fonte]

FUNDAÇÃO DO MUNICÍPIO[editar | editar código-fonte]

Foi nos idos de 1924, precisamente a 02 de maio desse ano que os portugueses Manoel Camilo de Figueiredo, João de Freitas Caíres e os brasileiros Tomaz Teixeira de Souza e Narciso Alves da Silveira, atraídos pela fama de terras férteis do município de Monte Aprazível, através de picadas abertas na mata densa, abriram no espigão divisor das fazendas Santa Bárbara e Ponte Nova, uma clareira no oceano verde, e, em toscas residenciais estabeleceram com suas famílias, ensejando a outros pioneiros menos timoratos a coragem de se localizarem na terra bravia. Dada a abundância de uma palmeira existente no lugar, a povoação recebeu o nome primitivo de Coqueiros, vindo a chamar-se logo depois de Vila Progresso dado o custo do desenvolvimento com que foi sacudida a nascente povoação de Coqueiros, para perdurar até 1964.

POVOAÇÃO E AS PRIMEIRAS FAMÍLIAS DA LOCALIDADE

A povoação tornou-se rapidamente conhecida em toda a redondeza, principalmente no município de Monte Aprazível a cujo povoado pertencia, dando motivo que a sua densidade demográfica se ampliasse imediatamente em face da exuberância de suas terras próprias para o cultivo do café e cereais, e em pouco tempo de simples povoação, passou-se a pleitear o foro de distrito, o que não foi difícil graças aos requisitos que possuía para o desiderato. A colônia síria tendo a frente Carmo Buissa, seus irmãos Elias e Salim, Abrahão Daher e seus filhos Miguel e Antonio, Salim Hakme, Simão Nimer, Alexandre Kadre e muitos outros que, em face do vertiginoso progresso da povoação ai se radicaram com seus familiares e muito contribuíram para o seu desenvolvimento, estabelecendo com suas atividades comerciais próprias. As famílias Zanelli, Teodoro Ferreira e outras foram as primeiras a se transferirem para a povoação, contribuindo muito no setor rural, para o seu desenvolvimento. [6] O primeiro médico a clinicar em Macaubal, com consultório instalado na vila foi o Dr. Agostinho de Melo.

EMANCIPAÇÃO POLÍTICA E IMPLANTAÇÃO DO MUNICÍPIO[editar | editar código-fonte]

Com a instalação do Distrito ocorrido a 17 de agosto de 1929, foi instalado o respectivo Cartório de Paz e Tabelionato. Por volta de 1935 foi criada a agência postal. A emancipação política do município se deu em 24 de dezembro de 1948 pela Lei nº 233. Quatro meses depois, o município foi implantado no dia 2 de abril de 1949.[7] [8]

ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL[editar | editar código-fonte]

A primeira administração municipal foi do Sr. Rufino Camilo Figueiredo, que foi eleito e empossado no dia 2 de abril de 1949, para mandado de quatro anos, encerrando-se em 2 de abril de 1953. Ao todo, foram treze mandatários, incluindo o atual -- João Florentino, vulgo "Tomate" -- que foi eleito em outubro de 2016 pelo PSDB para mandato de 01/01/2017 a 31/12/2020.

Desde abril de 2005 é realizada a Festa das Nações, com o objetivo de comemorar o aniversário da cidade e de reverter fundos para várias entidades assistenciais de Macaubal. Contudo, nos anos de 2015 e 2016, a Festa das Nações não foi realizada em razão da escassez de recursos para a realização do evento, sendo retomada as festividades em comemoração ao aniversário do município em abril de 2017.

Comunicação[editar | editar código-fonte]

A cidade de Macaubal possui dois veículos de comunicação sediados possui dois veículos de comunicação sediados no município:

1) A Rádio Studio 1 FM (com sua programação diária);

2) A Revista Cidade & Comunidade (tendo sua primeira edição em dezembro de 2011 e a partir de dezembro de 2014, caindo no esquecimento e cessando suas atividades).

Além disso, há também o jornal periódico A Voz do Povo, que existe na região desde 1981, sendo distribuído nas cidades próximas, inclusive em Macaubal.

Não há outras estações de rádio e/ou veículos de comunicação além destes, até a data deste escrito.

Educação[editar | editar código-fonte]

  • A Escola Estadual Porfírio Pimentel, fundada em c. 1942, para alunos dos Anos Finais do Ensino Fundamental e Ensino Médio;
  • A Escola Estadual Conselheiro Rodrigues Alves, fundada em c. 1957, para alunos dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental;
  • A EMEIF - Escola Municipal de Educação Infantil e Fundamental Octávio Dezan Sobrinho, fundada em c. 1996, para alunos da Pré-Escola e mais recentemente os alunos do 1.º Ano de Ensino Fundamental;
  • A Creche Berçário de Macaubal que atende crianças na primeira infância e no Maternal.
  • No município, não há instituições de Ensino Superior, tendo as mais próximas localizadas nas cidades de Monte Aprazível (FAECA Dom Bosco); Votuporanga (UNIFEV) e São José do Rio Preto (UNIRP e UNORP). Também não há instituições de Ensino Técnico, tendo a mais próxima no município de Monte Aprazível (ETEC Padre José Nunes Dias - Escola Técnica Estadual de Monte Aprazível).

Assistência Hospitalar[editar | editar código-fonte]

  • Santa Casa de Macaubal
  • Centro de Saúde.

Religião Predominante[editar | editar código-fonte]

Cristianismo

Distância dos Municípios Vizinhos por Rodovia[editar | editar código-fonte]

Geografia[editar | editar código-fonte]

Localiza-se a uma latitude 20º48'21" sul e a uma longitude 49º57'50" oeste, estando a uma altitude de 516 metros.

Possui uma área de 248,649 km².

Demografia[editar | editar código-fonte]

Dados do Censo - 2010[2]

População total: 7.663

  • Urbana: 6.773
  • Rural: 890
  • Homens: 3.880[9]
  • Mulheres: 3.783

Densidade demográfica (hab./km²): 30,88

Dados do Censo - 2000

Mortalidade infantil até 1 ano (por mil): 14,36

Expectativa de vida (anos): 72,04

Taxa de fecundidade (filhos por mulher): 2,09

Taxa de alfabetização: 88,69%

Índice de Desenvolvimento Humano (IDH-M): 0,781

  • IDH-M Renda: 0,706
  • IDH-M Longevidade: 0,784
  • IDH-M Educação: 0,852

(Fonte: IPEADATA)

Municípios Vizinhos[editar | editar código-fonte]

Macaubal é cercada pelos municípios:

Rodovias[editar | editar código-fonte]

Administração[editar | editar código-fonte]

As últimas gestões foram:

09.ª legislatura: 1983 a 1988 -

10ª legislatura: 1989 a 1992 - Ronaldo Gaspar (vice: Sérgio Luiz) - Partido: indisponível

11ª legislativa: 1993 a 1997 - Norair Braguini (vice: indisponível) - Partido: indisponível (talvez PMDB)

12ª legislativa: 1997 a 2000 - Ronaldo Gaspar (vice: indisponível) - Partido: indisponível

13ª legislatura: 2001 a 2004 - Mauri Carlos (vice: Tuchinha) - Partido: PFL/Democratas (Brasil)

14ª legislatura: 2005 a 2008 - Sérgio Luiz (vice: Dorivaldo Botelho) - Partido: PMDB

15ª legislatura: 2009 a 2012 - Sérgio Luiz (vice: Dorivaldo Botelho) - Partido: PMDB

16ª legislatura: 2013 a 2016 - Dorivaldo Botelho (vice: José Pedroso, que ficou interinamente entre 23 de dezembro de 2016 a 1 de janeiro de 2017; para fazer a transição do poder) - Partido (titular): PRB; (vice): PPS

O atual prefeito (na 17ª legislatura - 2017 a 2020) é o João Florentino PSDB (vice: Celso Luiz).[10] - Partido: PSDB

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  2. a b c «Censo Populacional 2010 - IBGE» (PDF). IBGE.gov.br. Consultado em 29 de agosto de 2011. 
  3. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010. 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2005-2009» (PDF). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 30 dez. 2011. 
  6. «HISTÓRIA » Prefeitura Municipal de Macaubal ©2018». macaubal.sp.gov.br. Consultado em 19 de junho de 2018. 
  7. «História do Município de Macaubal». Prefeitura Municipal de Macaubal. Consultado em 29 de maio de 2013. 
  8. «HISTÓRIA » Prefeitura Municipal de Macaubal ©2018». macaubal.sp.gov.br. Consultado em 19 de junho de 2018. 
  9. «SIDRA IBGE - Tabela 608 - População residente, por situação do domicílio e sexo». IBGE. Consultado em 29 de agosto de 2011. 
  10. «Galeria de Ex-Prefeito». Prefeitura Municipal de Macaubal. Consultado em 29 de maio de 2013. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de São Paulo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.