Machadinho d'Oeste

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Machadinho d'Oeste
  Município do Brasil  
Símbolos
Bandeira de Machadinho d'Oeste
Bandeira
Brasão de armas de Machadinho d'Oeste
Brasão de armas
Hino
Lema Progresso e paz
Apelido(s) "MDO"
Gentílico machadinhense
Localização
Localização de Machadinho d'Oeste em Rondônia
Localização de Machadinho d'Oeste em Rondônia
Mapa de Machadinho d'Oeste
Coordenadas 9° 26' 38" S 61° 58' 53" O
País Brasil
Unidade federativa Rondônia
Região intermediária[1] Porto Velho
Região imediata[1] Jaru
Municípios limítrofes Colniza (MT), Humaitá, Manicoré, Novo Aripuanã (AM); Ariquemes, Cujubim, Porto Velho, Rio Crespo, Theobroma, Vale do Anari
Distância até a capital 341 km
História
Fundação 15 de fevereiro de 1982 (38 anos)
Emancipação 11 de maio de 1988 (32 anos)
Aniversário 11 de maio
Administração
Prefeito(a) Eliomar Patrício (PHS, 2017 – 2020)
Características geográficas
Área total [3] 8 509,270 km²
População total (IBGE/2019[3]) 39 991 hab.
 • Posição BR: 1013º, RO: 12º
Densidade 4,7 hab./km²
Clima Equatorial (Am)
Fuso horário Hora do Amazonas (UTC−4)
CEP 76868-000 a 76869-999[2]
Indicadores
IDH (PNUD/2010) 0,596 baixo
 • Posição BR: 4238º, RO: 45º
PIB (IBGE/2016[4]) R$ 512 539,52 mil
 • Posição BR: 1257º, RO: 14º
PIB per capita (IBGE/2016[4]) R$ 13 523,83
Sítio http://machadinho.ro.gov.br/ (Prefeitura)
http://camarademachadinho.ro.gov.br/ (Câmara)

Machadinho d'Oeste é um município brasileiro do estado de Rondônia. O nome é uma homenagem ao rio homônimo "Rio Machadinho" localizado no dito município.

História[editar | editar código-fonte]

A cidade de Machadinho d´Oeste surgiu em 15 de fevereiro de 1982 por meio de um Projeto de Assentamento da reforma agrária criado pela Resolução nº 25 do Conselho de Diretores do INCRA, idealizado pelos engenheiros Paulo Botelho Martins, Fábio Costa Marques, Nestor Carlos dos Santos e Cézar Alberto Carneiro Soares, que foram os principais responsáveis. Pertenceu inicialmente ao município de Ariquemes, com a denominação de "Projeto de Assentamento Machadinho". Situada na bacia do Vale do Jamari, tem todo o seu território atravessado do sul ao norte pelos rios Ji-Paraná e Machado.

O rápido crescimento populacional e desenvolvimento econômico decorrentes das atividades agrícolas exigiram a sua autonomia política e administrativa. A área do Projeto de Assentamento (PA) Machadinho foi elevada à categoria de município, com o nome alterado para Machadinho d'Oeste e sede no povoado do mesmo nome, elevado então à categoria de cidade. O seu nome é em homenagem ao rio Machadinho, afluente da margem esquerda do rio Ji-Paraná.

O município foi criado em 11 de maio de 1988, pela Lei Nº 198, assinada pelo então governador Jerônimo Garcia de Santana, que empossou José Carlos de Souza Freitas como primeiro prefeito. Machadinho foi formado com áreas desmembradas dos municípios de Ariquemes, Jaru e Ji-Paraná.

O município tem vários projetos de assentamento, influenciando diretamente na economia da cidade, por meio da produção rural.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Localiza-se entre os municípios de Ariquemes e Jaru. Sua sede dista aproximadamente 400 km da capital do estado e está localizada na latitude 09º26'38" sul e na longitude 61º58'53" oeste, a uma altitude de 102 metros. A população do município pelo Censo 2010 era de 31.135 habitantes, porém estima-se que atualmente já ultrapasse 40.000 habitantes. Possui uma área de 8509 quilômetros quadrados.

Clima[editar | editar código-fonte]

O clima é predominantemente Equatorial Quente Úmido, um "Clima tropical Chuvoso", se mantendo uma temperatura anual estável com mínimas de 16°C a 23°C e máximas 24 a 35°C, com umidade relativa do ar entre 80% a 90% e altos índices pluviométricos entre 1300 a 2600 mm/ano. No período do "inverno amazônico" ocorre uma diminuição da temperatura chegando a mínimas de 16 ºC a 22 ºC, que dura em média de 3 a 5 dias, sendo conhecido este fenômeno como "friagem". A umidade relativa do ar e dos índices pluviométricos também diminuem, sobretudo entre os meses de junho a agosto, alcançando os níveis de 50 milímetros por mês.

População[editar | editar código-fonte]

A população se formou principalmente por colonos atraídos pela oferta de terras oferecidas durante Projeto de Assentamento da reforma agrária criado pela Resolução nº 25 do Conselho de Diretores do INCRA. Os emigrantes se originaram de diversas regiões do Brasil, principalmente Sul ( Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina), Sudeste ( Minas Gerais, Espírito Santo e São Paulo), Nordeste ( Pernambuco, Ceará e Bahia), Centro-Oeste ( Mato Grosso).

Recentemente, nos anos de 2019 e 2020, houve um aumento da população devido a migração induzida por rumores da construção da Usina Hidrelétrica Tabajara, prevista para ser construída na cachoeira 2 de Novembro, no Rio Machado. A migração ocorre devido a promessa de geração de empregos diretos e indiretos durante as obras.

Economia[editar | editar código-fonte]

A economia se baseia principalmente em serviços, agricultura, pecuária, psicultura, extrativismo mineral e vegetal.

Turismo[editar | editar código-fonte]

O principal ponto turístico localizado no município é a "Cachoeira São José" onde anualmente ocorre o Festival de Praia Garota Cachoeira e etapa estadual de Motocross, reunindo visitantes de diversos municípios e estados vizinhos.

Também podemos notar um interesse para realização de pesca desportiva, atraindo pessoas de outras localidades para a pratica, principalmente na cachoeira 2 Novembro, localizada no Rio Machado.

Televisão[editar | editar código-fonte]

  • TV JORNET (REDE) - Canal 31

Referências

  1. a b Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2017). «Base de dados por municípios das Regiões Geográficas Imediatas e Intermediárias do Brasil». Consultado em 10 de fevereiro de 2018 
  2. Correios. «Busca CEP - Faixas de CEP». Consultado em 10 de outubro de 2019 
  3. a b IBGE (2018). «Panorama oficial». Consultado em 10 de outubro de 2019 
  4. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2016». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 10 de outubro de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Página da Prefeitura Municipal[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios de Rondônia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.