Machiko Hasegawa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Machiko Hasegawa
Machiko Hasegawa em agosto de 1950.
Nome completo 長谷川町子
Nascimento 30 de janeiro de 1920
Taku, Japão
Morte 27 de maio de 1992 (72 anos)
Saga, Japão
Nacionalidade japonesa
Ocupação Autora de manga, colecionadora de arte, desenhadora e escritora
Principais trabalhos Sazae-san
Prémios Prémio de Manga Bungeishunjū (1962)
Medalha de Honra com faixa roxa (1982)
Prémio Cultural da Metrópole de Tóquio (1988)
Ordem da Coroa Preciosa (quarta classe, 1990)
Prémio da Associação dos Cartunistas do Japão (1991)
Prémio de Honra da Nação (1992)
Causa da morte Insuficiência cardíaca

Machiko Hasegawa (長谷川町子, Hasegawa Machiko?, Taku, 30 de janeiro de 1920Saga, 27 de maio de 1992) foi uma autora de manga, colecionadora de arte, desenhadora e escritora japonesa. É considerada uma das primeiras artistas de manga.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Machiko Hasegawa iniciou a sua tira de banda desenhada, Sazae-san (サザエさん?) em 1946,[2] sendo publicada no jornal Asahi Shimbun entre 1949 e 1974.[3] Também criou a tira cómica Ijiwaru Bā-san (いじわるばあさん?). Todas as suas obras foram impressas em compilações no Japão e em meados da década de 1990, ela contabilizou mais de sessenta milhões de cópias apenas no seu país de origem.

Sazae-san foi uma tira de banda desenhada popular no pós-guerra, que descrevia a vida ficcional de Sazae-san, uma dona de casa japonesa.[4] A obra foi adaptada para uma série de teatro radiofónico em 1955 e para uma série de animé em 1969, que ainda é transmitida na atualidade e detém o título da série de televisão animada mais longa, de acordo com o Livro Guinness dos Recordes.[5] Algumas das suas tiras cómicas foram traduzidas em língua inglesa, sob o título de The Wonderful World of Sazae-san.[6]

Machiko Hasegawa foi galardoada com o Prémio de Manga Bungeishunjū em 1962, com a Medalha de Honra com faixa roxa em 1982, com o Prémio Cultural da Metrópole de Tóquio em 1988, com a Ordem da Coroa Preciosa (quarta classe) em 1990, com o Prémio da Associação dos Cartunistas do Japão em 1991, e com o Prémio de Honra da Nação em 1992.[7]

Machiko Hasegawa morreu de insuficiência cardíaca a 27 de maio de 1992, aos setenta e dois anos. As obras de Machiko Hasegawa e da sua irmã Mariko foram alojadas no Museu de Arte Machiko Hasegawa.[8]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Schodt, Frederik L. (1985). «Reading the Comics». The Wilson Quarterly (1976-) (em inglês). 9 (3): 64. JSTOR 40256891 
  2. «Sazae-san series». Goodreads (em inglês). Amazon.com. Consultado em 20 de maio de 2017 
  3. «沿革». Asahi Shimbun (em japonês). Consultado em 20 de maio de 2017 
  4. Garon, Sheldon (2000). «Luxury is the Enemy: Mobilizing Savings and Popularizing Thrift in Wartime Japan». Journal of Japanese Studies (em inglês). 26 (1): 71. JSTOR 133391 
  5. «Longest running animated TV series». Livro Guinness dos Recordes (em inglês). Consultado em 20 de maio de 2017 
  6. «The Wonderful World of Sazae-san series». Goodreads (em inglês). Amazon.com. Consultado em 20 de maio de 2017 
  7. «国民栄誉賞». Escritório do Gabinete (em japonês). Gabinete do Japão. Consultado em 20 de maio de 2017 
  8. Wada, Yuhei (24 de dezembro de 2010). «'The World of Red and White'». The Japan Times (em inglês) 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Machiko Hasegawa


Ícone de esboço Este artigo sobre mangaká é um esboço relacionado ao projeto Animangá. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.