MachineGames

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
MachineGames
Razão social ZeniMax Sweden AB
Nome(s) anterior(es) MachineGames Sweden AB (2009–2010)
Subsidiária
Atividade Jogos eletrônicos
Fundação 2009
Fundador(es) Fredrik Ljungdahl
Jerk Gustafsson
Jens Matthies
Jim Kjellin
Kjell Emanuelsson
Magnus Högdahl
Michael Wynne
Sede Uppsala, Uppsala,  Suécia
Proprietário(s) ZeniMax Media (2009–2020)
Microsoft (2020–presente)
Presidente James L. Leder
Pessoas-chave Lars-Göran Johansson
(diretor executivo)
Empregados 225+ (2021)
Empresa-mãe Xbox Game Studios (2020–presente)
Website oficial MachineGames.com

ZeniMax Sweden AB (fazendo negócios como MachineGames) é uma subsidiária sueca de jogos eletrônicos do Xbox Game Studios, sediada em Uppsala, Condado de Uppsala. Foi fundada em 2009 por Fredrik Ljungdahl, Jerk Gustafsson, Jens Matthies, Jim Kjellin, Kjell Emanuelsson, Magnus Högdahl e Michael Wynne, todos ex-membros da Starbreeze Studios.[1]

A empresa foi comprada no ano seguinte pela ZeniMax Media,[2] passando a produzir novos títulos para a série Wolfenstein. Em 21 de setembro de 2020, a ZeniMax Media à qual pertence a MachineGames, foi adquirida pela Microsoft Gaming and Entertainment pelo valor de US$ 7.5 bilhões.[3]

Jogos[editar | editar código-fonte]

Ano Título Plataformas
2014 Wolfenstein: The New Order Microsoft Windows, PlayStation 3, PlayStation 4, Xbox 360, Xbox One
2015 Wolfenstein: The Old Blood Microsoft Windows, PlayStation 4, Xbox One
2017 Wolfenstein II: The New Colossus
2019 Wolfenstein: Youngblood Microsoft Windows, Nintendo Switch, PlayStation 4, Xbox One
Wolfenstein: Cyberpilot HTC Vive, PlayStation VR
TBA Wolfenstein 3
Indiana Jones

Referências

  1. Pitss, Russ (15 de maio de 2014). «Making Wolfenstein: a fight club on top of the world». Polygon. Consultado em 3 de dezembro de 2018 
  2. Gilbert, Ben (5 de novembro de 2010). «Machinegames purchased by ZeniMax Media, becomes ZeniMax Sweden». Engadget. Consultado em 3 de dezembro de 2018 
  3. Romer, Rafael (21 de setembro de 2020). «ZeniMax Media, dona da Bethesda, é adquirida pela Microsoft». The Enemy. Consultado em 21 de setembro de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.