Saltar para o conteúdo

Macieira de Rates

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Portugal Portugal Macieira de Rates 
  Freguesia  
Símbolos
Brasão de armas de Macieira de Rates
Brasão de armas
Localização
Localização no município de Barcelos
Localização no município de Barcelos
Localização no município de Barcelos
Macieira de Rates está localizado em: Portugal Continental
Macieira de Rates
Localização de Macieira de Rates em Portugal
Coordenadas 41° 26' 8" N 8° 38' O
Região Norte
Sub-região Cávado
Distrito Braga
Município Barcelos
Código 030244
Administração
Tipo Junta de freguesia
Características geográficas
Área total 7,85 km²
População total (2021) 1 907 hab.
Densidade 242,9 hab./km²

Macieira de Rates é uma freguesia portuguesa do município de Barcelos, com 7,85 km² de área[1] e 1907 habitantes (censo de 2021)[2]. A sua densidade populacional é 242,9 hab./km².

Nota: No censo de 1864 figura com a designação de Macieira A população registada nos censos foi:[2]

População da freguesia de Macieira de Rates[3]
AnoPop.±%
1864 756—    
1878 821+8.6%
1890 822+0.1%
1900 873+6.2%
1911 927+6.2%
1920 935+0.9%
1930 1 004+7.4%
1940 1 190+18.5%
1950 1 410+18.5%
1960 1 479+4.9%
1970 1 486+0.5%
1981 1 587+6.8%
1991 1 952+23.0%
2001 1 967+0.8%
2011 2 083+5.9%
2021 1 907−8.4%
Distribuição da População por Grupos Etários[4][2]
Ano 0-14 Anos 15-24 Anos 25-64 Anos > 65 Anos
2001 393 359 991 224
2011 383 303 1148 249
2021 258 266 1013 370

É circundada a norte pelas freguesias de Chorente, Goios, Courel, Pedra Furada e Gueral, a nascente por Chorente, Goios, Courel, Pedra Furada e Gueral e Negreiros e Chavão e a sul por Rates e Balazar (estas duas do município da Póvoa de Varzim).

Macieira não tem grandes elevações. É uma planície situada na bacia hidrográfica do Rio Este, afluente do Rio Ave, o que favorece zonas de produção agrícola.

Macieira é atravessada por três riachos:

  • Rio Codade (Designado por Ribeira de Macieira na Carta Militar): Nasce na freguesia de Goios e desagua no Rio Este na freguesia de Balazar.
  • Rio da Mulher Morta: Nasce na Fonte do Badalhão, Courel, passando pelo lugar da Mulher Morta, em Macieira, e desagua no Rio Codade, já muito perto do Rio Este.
  • Rio do Souto: Nasce no Lugar dos Araújos, em Courel, desaguando também no Rio Codade, junto à Azenha do Lobar.

O solo da freguesia é de boa qualidade para a agricultura. Tanto os campos como as bouças, terreno bravio, são muito rentávies.

Relativamente ao subsolo, embora não haja conhecimento da sua qualidade, sabe-se, no entanto, que durante a 2ª Guerra Mundial foi feita uma exploração de volfrâmio em terrenos que, segundo dizem, também são ricos de caulinos.

Na freguesia de Macieira de Rates está representada uma agência financeira, Crédito Agrícola, desde 2000.

O novo jardim de infância, que custou quase meio milhão de euros, está pronto desde 2009, mas em 2011 ainda não abriu, porque foi construído no meio de um campo de milho, sem acessos.[5]

O relógio da Igreja de Macieira de Rates foi oferecido ao povo da aldeia por dona Anna Vieira de Freitas e seus filhos, naturais da cidade do Rio de Janeiro (Brasil), esposa e filhos de Joaquim Martins de Freitas, natural desta vila, e foi inaugurado em 1 de janeiro de 1909.

Referências

  1. «Carta Administrativa Oficial de Portugal CAOP 2013». descarrega ficheiro zip/Excel. IGP Instituto Geográfico Português. Consultado em 5 de dezembro de 2013. Arquivado do original em 9 de dezembro de 2013 
  2. a b c Instituto Nacional de Estatística (23 de novembro de 2022). «Censos 2021 - resultados definitivos» 
  3. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes
  4. INE. «Censos 2011». Consultado em 11 de dezembro de 2022 
  5. «Jardim-de-infância construído num campo de milho não abre por falta de acessos» 
Ícone de esboço Este artigo sobre freguesias portuguesas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.