Macuas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura pela língua banta, subgrupo da família do nigero-congolês, falada por toda Nampula, partes da Zambézia, Cabo Delgado e Niassa, veja Língua macua.

Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde Fevereiro de 2009). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Macuas
Mozambique - mask.jpg
Mulher macua exibindo a maquilhagem tradicional, a "m'sira".
População total

1.600.000

Regiões com população significativa
 Moçambique 800.000
Tanzânia 360.000
Línguas
macua, português
Religiões
Cristianismo, Islamismo, Animismo,

Os macuas são um povo originário de Moçambique e da região de Mtwara, na Tanzânia,[1][2] cuja religião é um misto de monoteísmo e animismo, e cujas aldeias eram dirigidas por sobas locais, com a assessoria de um conselho. A sociedade é fortemente matriarcal.

Em Moçambique o povo macua lidera a maior parte da zona norte do país, e o norte da província da Zambézia. Emakuwa é a língua oficial do povo Macua.

Referências

  1. Anthony Appiah; Henry Louis Gates (2010). Encyclopedia of Africa: Kimbangu, Simon - Zulu, Volume 2. [S.l.]: Oxford University Press. p. 116. ISBN 978-0-19-533770-9 
  2. Godfrey Mwakikagile (2013). Africa at the End of the Twentieth Century: What Lies Ahead. [S.l.]: New Africa Press. pp. 136–137. ISBN 978-9987-16-030-3 
Ícone de esboço Este artigo sobre Moçambique é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.