Madame X Tour

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Madame X Tour
Pôster promocional da turnê
Turnê de Madonna
Locais América do Norte
Europa
Álbum associado Madame X
Data de início 17 de setembro de 2019 (2019-09-17)
Data de fim 8 de março de 2020 (2020-03-08)
Partes 2
N.º de apresentações 92
Cronologia de turnês de Madonna
Tears of a Clown
(2016)

Madame X Tour é a décima primeira turnê da cantora estadunidense Madonna, em apoio ao seu décimo quarto álbum de estúdio Madame X (2019). A turnê, que consiste em 92 shows exclusivamente em teatros e é gerenciada pela Maverick e pela Live Nation Entertainment, teve início em 17 de setembro de 2019, em Nova Iorque, nos Estados Unidos, e está prevista para ser encerrada 8 de março de 2020, em Paris, na França.

Esta é a primeira vez que a cantora fará uma turnê em locais pequenos desde a The Virgin Tour, em 1985. Atualmente, a turnê consiste em datas apenas nos Estados Unidos, Inglaterra, França, e Portugal.[1][2][3] Devido à demanda popular, novas datas foram adicionadas em Nova Iorque e Los Angeles, no mesmo dia em que a turnê foi anunciada oficialmente.[4] Em 20 de maio de 2019, as datas para as demais cidades dos EUA foram anunciadas oficialmente,[5] e em 9 de setembro de 2019, São Francisco, nos EUA, foi adicionada ao itinerário.[6] Um dia antes do início oficial da turnê, mais dois shows foram adicionados em Miami, nos EUA.[7]

Celebridades como Debi Mazar, Rosie O'Donnell, Spike Lee e Anderson Cooper foram vistas no noite de abertura da turnê, ocorrida na Academia de Música do Brooklyn.[8]

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

Madonna primeiramente expressou seu interesse em montar um show de menor escala durante uma entrevista à BBC News, quando promovia o álbum ao vivo da turnê Rebel Heart Tour, em setembro de 2017. Ela explicou: "Eu já fiz tantos shows—turnês mundiais, estádios, arenas esportivas, de tudo—que eu sinto que agora eu tenho que reinventar isso também. Eu gosto de fazer shows íntimos e poder falar diretamente com o público".[9]

Além disso, ela implementou uma política de proibição telefones para maximizar a intimidade do show e para as pessoas se concentrarem na arte.[10][11] No entanto, a decisão recebeu reações mistas dos fãs online.[10][12]

Madonna fez a seguinte declaração sobre as pessoas que violaram a política de não usar câmeras: "Três shows da Madame X e eu curti cada minuto dessa experiência íntima! Adoro olhar para o público e não ver iPhones e as câmeras piscando, mas sim os olhos, sorrisos e rostos humanos felizes. No entanto, estou perplexa e confusa com algumas pessoas que insistem em entrar com segundas câmeras escondidas e desconsideraram meu pedido de não gravar o show. Este pedido é comum em todos os shows da Broadway, concertos de dança, comédia de stand-up e no Opera. As pessoas que ignoram o meu pedido não estão se permitindo apreciar o show completamente, mas também mostram falta de respeito e consideração aos meus desejos. Se você não consegue viver sem o telefone por duas horas, essa experiência não é para você."[13]

Em relação ao merchandise, Madonna anunciou uma loja pop-up uma semana antes do primeiro show, na cidade de Nova Iorque, nos Estados Unidos.[14] Além disso, ela colaborou com os cosméticos Too Faced para lançar dois kits de maquiagem inspirados na maquiagem que Madonna usará durante os shows.[14][15]

Recepção crítica[editar | editar código-fonte]

As três primeiras noites do show, na Academia de Música do Brooklyn, foram recebidas com aclamação universal por críticos e fãs. As publicações Rolling Stone, Billboard, The New York Times, The Irish Times analisaram-no, assim como The Sun, Entertainment Weekly, entre outros, elogiando a intimidade, a estética e a produção visual do show, bem como o repertório, além dos vocais e visão musical de Madonna.

Alguns críticos declararam:

Leah Greenblatt da Entertainment Weekly:

[...] quando o construto da Madame X desapareceu, o que permaneceu foi algo mais simples e de certa forma muito mais gratificante do que a equestre ou a instrutora de cha-cha ou a santa (ou até mesmo a mãe, a tagarela, a outrora comediante de stand up): Não apenas uma estrela pop e provocadora perene, mas um artista na íntegra.[16]

Jon Pareles do The New York Times:

Tanto como álbum quanto show, "Madame X" é a mais recente declaração de Madonna de uma identidade desafiadora, segura e flexível, totalmente à vontade com as dualidades [...] Sim, ela tem 61 anos, mas sua música permanece decididamente contemporânea.[17]

Rob Sheffield da Rolling Stone:

Madonna nunca se esquivou de arriscar. Trinta anos depois dela incendiar os anos 80 com a basílica discoteca Like a Prayer, ela está tão gloriosamente estranha quanto nunca. Daí sua excelente e nova turnê Madame X, um testemunho da genialidade de sua loucura. [...] (Mencionando Bruce Springsteen) Como é gratificante que esses dois ícones dos anos 80 não apenas estejam no topo das paradas, eles o estão fazendo com seus trabalhos mais selvagens e experimentais. Escolhemos bem quando escolhemos esses dois como nossos heróis, certo? Como Madame X prova, Madonna nunca será o tipo de super estrela que repete seus sucessos, se apega a seus pontos fortes, ou só faz o que é seguro. Em vez disso, ela está ficando mais estranha com a idade. Agradeça a todos os anjos e santos por isso.[18]

Repertório[editar | editar código-fonte]

Este é o repertório da noite de abertura, ocorrida em Nova Iorque, nos Estados Unidos, em 17 de setembro de 2019.[19]

  1. "God Control"
  2. "Dark Ballet"
  3. "Human Nature"
  4. "Express Yourself" (acapella)
  5. "Madame X Manifesto" (interlúdio em vídeo)
  6. "Vogue"
  7. "I Don’t Search I Find"
  8. "Papa Don't Preach" / "American Life"
  9. "Coffin" (interlúdio em vídeo)
  10. "Batuka"
  11. "Fado Pechincha" (com Gasper Varela)
  12. "Killers Who Are Partying"
  13. "Crazy"
  14. "Welcome to My Fado Club" / "La Isla Bonita"
  15. "Sodade"
  16. "Medellín"
  17. "Extreme Occident"
  18. "Rescue Me" (interlúdio em vídeo)
  19. "Frozen"
  20. "Come Alive"
  21. "Future"
  22. "Crave"
  23. "Like a Prayer"

Bis

  1. "I Rise"

Datas[editar | editar código-fonte]

Data Cidade País Local Público Receita
Etapa 1 — América do Norte[1][4][20]
17 de setembro de 2019 Nova Iorque Estados Unidos Howard Gilman Opera House
18 de setembro de 2019
19 de setembro de 2019
21 de setembro de 2019
22 de setembro de 2019
24 de setembro de 2019
25 de setembro de 2019
26 de setembro de 2019
28 de setembro de 2019
1 de outubro de 2019
2 de outubro de 2019
3 de outubro de 2019
5 de outubro de 2019
6 de outubro de 2019
7 de outubro de 2019
10 de outubro de 2019[a]
12 de outubro de 2019[b]
15 de outubro de 2019 Chicago Chicago Theatre
16 de outubro de 2019
17 de outubro de 2019
21 de outubro de 2019
23 de outubro de 2019
24 de outubro de 2019
27 de outubro de 2019
31 de outubro de 2019 São Francisco The Golden Gate Theatre
2 de novembro de 2019
4 de novembro de 2019
7 de novembro de 2019 Las Vegas The Colosseum at Caesars Palace
9 de novembro de 2019
10 de novembro de 2019
12 de novembro de 2019 Los Angeles Wiltern Theatre
13 de novembro de 2019
14 de novembro de 2019
16 de novembro de 2019
17 de novembro de 2019
19 de novembro de 2019
20 de novembro de 2019
21 de novembro de 2019
23 de novembro de 2019
24 de novembro de 2019
25 de novembro de 2019
30 de novembro de 2019 Boston Boch Center Wang Theatre
1 de dezembro de 2019
2 de dezembro de 2019
7 de dezembro de 2019 Filadélfia The Met Philadelphia
8 de dezembro de 2019
11 de dezembro de 2019
14 de dezembro de 2019 Miami Fillmore Miami Beach at Jackie Gleason Theater
15 de dezembro de 2019
17 de dezembro de 2019
18 de dezembro de 2019
19 de dezembro de 2019
22 de dezembro de 2019
23 de dezembro de 2019
Etapa 2 — Europa[21][22][23]
12 de janeiro de 2020 Lisboa Portugal Coliseu de Lisboa
14 de janeiro de 2020
16 de janeiro de 2020
18 de janeiro de 2020
19 de janeiro de 2020
21 de janeiro de 2020
22 de janeiro de 2020
23 de janeiro de 2020
26 de janeiro de 2020 Londres Inglaterra London Palladium
27 de janeiro de 2020
29 de janeiro de 2020
30 de janeiro de 2020
1 de fevereiro de 2020
2 de fevereiro de 2020
4 de fevereiro de 2020
5 de fevereiro de 2020
6 de fevereiro de 2020
8 de fevereiro de 2020
9 de fevereiro de 2020
11 de fevereiro de 2020
12 de fevereiro de 2020
13 de fevereiro de 2020
15 de fevereiro de 2020
18 de fevereiro de 2020 Paris França Le Grand Rex
19 de fevereiro de 2020
20 de fevereiro de 2020
22 de fevereiro de 2020
23 de fevereiro de 2020
25 de fevereiro de 2020
26 de fevereiro de 2020
27 de fevereiro de 2020
29 de fevereiro de 2020
1 de março de 2020
3 de março de 2020
4 de março de 2020
7 de março de 2020
8 de março de 2020

Shows cancelados[editar | editar código-fonte]

Lista de shows cancelados, mostrando data, cidade, país, local e razão do cancelamento
Data Cidade País Local Razão
15 de setembro de 2019 Nova Iorque Estados Unidos Howard Gilman Opera House Conflito de datas[24]

Créditos[editar | editar código-fonte]

Créditos adaptados do site oficial de Madonna.[25]

Show

Criado e dirigido por Madonna

  • Jamie King – Produtor Criativo
  • Megan Lawson – Co-Diretor e Coreógrafo Chefe
  • Damien Jalet – Conselheiro Criativo
  • Luigi Murenu & Iango Henzi – Consultores Creativos
  • Carla Kama – Associate Creative Producer
  • Tiffany Olson – Produtor Criativo Associado
  • Stephanie Roos – Produtor Criativo Associado
  • Al Gurdon – Designer de Iluminação
  • Stufish Entertainment Architects – Design de Set
Banda
  • Madonna
  • Kevin Antunes – Diretor Musical
  • Monte Pittman – Violão
  • Gaspar Goncalves – Violão
  • Rickey Pageot – Piano, Acordeão & Percussão
  • Jessica Pina – Trompete & Vocalista de Apoio
  • Ademiro “Miroca” Paris – Percussão & Violão
  • Carlos Mil-Homens – Percussão
  • Francesca Dardani – Violino
  • Celia Hatton – Viola
  • Mariko Muranaka – Violoncelo
  • Andrea “Munchie” Lanz – Vocalista de Apoio
  • Dana “Yazarah” Williams – Vocalista de Apoio
Aristas Performáticos
  • Ahlamalik Williams – Dançarino
  • Marvin Gofin – Dançarino
  • Mccall Olsen – Dançarino
  • Baylie Olsen – Dançarino
  • Allaune Blegbo – Dançarino
  • Sasha Mallory – Dançarino
  • Loic Mabanza – Dançarino
  • Daniele Sibili – Dançarina
  • Sierra Herrera-Grey – Dançarino
  • Chaz Buzan – Dançarino
  • Nicolas Huchard – Dançarino
  • Ai Shimatsu – Dublê de Haste de Microfone
Batukadeiras
  • Jussara Spencer
  • Anastacia Carvalho
  • Edna Oliveira
  • Jessica Eliane Tavares
  • Irina Paula Carvalho
  • Darlene Barreto
  • Catia Ramos
  • Antonia Tavares
  • Keila Cabral
  • Ellah Barbosa
  • Iara Xavier Santos
  • Jacira Duarte
  • Etelvina “Bianina” Tavares
  • Idilsa Tavares
Coreógrafos
  • Megan Lawson
  • Matt Cady
  • Marvin Gofin
  • Damien Jalet
  • Nicolas Huchard
  • Baylie Olsen
  • Mccall Olsen
  • Ahlamalik Williams
  • Derrell Bullock
Coreógrafos Assistentes
  • Nicolas Huchard
  • Amilios Arapoglou
  • Sierra Herrera
  • Allaune Blegbo
Departamento de Figurino
  • Eyob Yohannes – Designer de Figurino
  • Taryn Shumway – Designer de Figurino Assistente
  • Timothy Chernyaev – Designer de Figurino Assistente
  • Mae Heidenreich – Designer de Figurino Assistente
  • Aliyah Christmas – Designer de Figurino Assistente
  • Amanda Kai – Coordenador do Departamento de Figurino
  • Samuel Ososki – Alfaiate
  • Michael Velasquez – Alfaiate
  • Anthony Garcia – Alfaiate
  • Kenberly Pierre-Paul – Assistente de Figurino
  • Raquel Castellanos – Assistente
  • Joya Cleveland – Relatório de Figurino
  • Robert Christie – Desenhista de Figurino
  • Lisa Krizner-George – Cortador
  • Thayne Whitney – Costureiro/Modelador
  • Ke Cindy – Costureira
  • Teri Lloyd – Costureira
  • Sandra Nieto – Costureira
  • Ivanova Mariano – Costureira
  • Mallory Rinker – Costureira
  • Olga Kim – Alfaiataria
  • Izabella Litvak – Alfaiataria
  • Aris Bordo – Alfaiataria
  • Noelle Rasco – Costura
  • Arielle Crawford – Costura
  • Anna Kate Reep – Costura
  • Brandon Brinkley – Comprador
  • Alexa O’neil – Compradora
  • Toni Grant – Comprador
  • Lucy Gaston – Compradora
  • Lauren Lau – Compradora
  • Aran Simi – Estagiário de Figurino
  • Geraldine Henriques – Estagiária de Figurino
  • Toni Grant – Estagiário de Figurino
  • Luis Fereira – Estagiário de Figurino
  • Catherine Goba – Estagiária de Figurino

Live Nation

  • Arthur Fogel – Promotor e produtor da Turnê
  • Gerry Barad – Promotor Associado
  • Tres Thomas – Diretor da Turnê
  • Rick Sobkowiak – Contador e Operações da Turnê
  • Colleen Cozart – Contador da Produção
  • Tiffany Hilliard – Assistente de Arthur Fogel
  • Staci Saari – Bilheteria
  • Cynthia Oknaian – Bilheteria
  • Sherine Sherman – Coordenadora do Programa VIP
  • Brian Samuelson – Coordenador do Programa VIP

A Equipe

  • Andy Lecompte – Cabeleireiro de Madonna
  • Aaron Henrikson – Maquiador de Madonna
  • Jean-Michel Ete – Nutricionista
  • Tarin Graham – Esteticista
  • Marlyn Ortiz – Trainador de Madonna
  • Hind Abdul Jabbar, Rita Melssen – Assistentes de Madonna
  • Jill McCutchan – Gerente da Turnê
  • Tori Fillat – Assistente da Turnê
  • Travis Dorsey – Chef
  • Natalia Dyduch – Camareira
  • Ricardo Gomes – Mídias Sociais
  • Jeremy Childs – Gerente de Estrada
  • Tony Villanueva – Camareiro Chefe
  • Diogo Goncalves – Assistente
  • Corvett Hunt – Cabeleireiro
  • Kamilah Gerestant – Tranceiro
  • Justin Heslop – Maquiador

Equipe da Turnê

  • Jason “JD” Danter – Gerente da Produção
  • Brian Wares – Gerente de Palco
  • Mike Morobitto – Gerente de Palco Teatral
  • Emma Cederblad – Coordenação de Produção
  • Justin Mcquown – Diretor de Segurança
  • Carla Vagland – Segurança de Local
  • Harry Forster – Diretor de Iluminação
  • Oli James – Chefe da Equipe de Iluminação
  • James Jones III – Técnico de Iluminação
  • Mike Rothwell – Técnico de Iluminação
  • Dave Baxter – Técnico de Iluminação
  • Matt Levine – Técnico de Iluminação
  • Jason “Lew Lew” Lewis – Montador
  • Sean Mullarkey – Automação
  • Rod “Rawd” Van Egmond – Carpinteiro Chefe
  • Allen “A.J.” Haley – Carpinteiro
  • Eric Cardoza – Adereços/Carpinteiro
  • Tim Colvard – Engenheiro de FOH
  • Demetrius Moore – Técnico de Áudio de Microfone
  • Sean Spuehler – Engenheiro de Mixagem de Voz
  • Lauren D’elia – Engenheiro de Mixagem de Voz
  • Matt Napier – Engenheiro de Monitor
  • Alistair “Ali” Viles – Engenheiro de RF/Áudio
  • Lee Fox-Furnell – Técnico de Monitor
  • Arno Voortman – Engenheiro de Sistema de Áudio
  • Robert “Bongo” Longo – Técnico de Apoio Chefe (Teclados)
  • Tommy Simpson – Técnico de Apoio (Cordofones)
  • Iain “Robbo” Robertson – Técnico de Apoio (Bateria/Percussão)
  • Dan Roe – Programador
  • Gemma Daly – Ambiente
  • Allison Sulock – Técnico de Servidor de Vídeo
  • Dany Lambert – Projecionista de Vídeo
  • Heken “Mel” Dykes – Supervisor de Figurino
  • Candice Lawrence – Figurino
  • Noriko Kakihara – Figurino
  • Michael Velasquez – Alfaiate
  • John Spink – Merchandise
Conteúdo de Vídeo
  • Danny Tull – Diretor de Conteúdo de Vídeo
  • Nuno Xico – Editor
  • Russ Senzatimore – Editor
  • Tom Watson – Editor
  • Jerry Chia – Editor
  • Ryan Drake – Editor
  • Hamish Lyons – Editor
Gerenciamento
  • Guy Oseary – Gerente
  • Sara Zambreno – Gerente
  • Danielle Doll – Coordenador de Gerenciamento
  • Maria Jose Gutierrez Reyes – Coordenador de Gerenciamento
  • Rachel Gordh – Assistente de Guy Oseary
  • Johann Delebarre – Webmaster
Merchandise da Live Nation
  • Bruce Fingeret
  • Alyssa Tobias
  • Pete Weber
  • Ben Rawling
Design do Tour Book
  • Anya Lange
Fotografia do Tour Book
  • Ricardo Gomes
  • Steven Klein
Designers Participantes
  • Elizabeth Manuel
  • Prada
  • Miu Miu
  • Burberry
  • Versace
  • Paula Rowan (Luvas)
  • Mugler
  • Agent Provocateur

Notas[editar | editar código-fonte]

  • ↑[a] O show de 10 de outubro de 2019, no Howard Gilman Opera House, em Nova Iorque, Estados Unidos, originalmente estava agendado para ocorrer em 12 de setembro, mas foi antecipado por conflito de datas.[24]
  • ↑[b] O show de 12 de outubro de 2019, no Howard Gilman Opera House, em Nova Iorque, Estados Unidos, originalmente estava agendado para ocorrer em 14 de setembro, mas foi antecipado por conflito de datas.[24]

Referências

  1. a b Claire Shaffer (6 de maio de 2019). «Madonna Announces Intimate Theater Performances in 'Madame X' Tour». Rolling Stone (em inglês). Wenner Publishing. Consultado em 6 de maio de 2019 
  2. Gil Kaufman (6 de maio de 2019). «Madonna Announces Intimate 'Madame X' Tour Dates». Billboard (em inglês). Prometheus Global Media. Consultado em 6 de maio de 2019 
  3. «Madonna Reveals 'Madame X' Tour Dates». Variety (em inglês). Variety Media, LLC. 6 de maio de 2019. Consultado em 6 de maio de 2019 
  4. a b «Madame X Tour: New shows added in New York & Los Angeles». madonna.com (em inglês). 6 de maio de 2019. Consultado em 6 de maio de 2019 
  5. «Madame X Tour - Additional shows and new cities confirmed». madonna.com (em inglês). 20 de maio de 2019. Consultado em 20 de maio de 2019 
  6. «Madonna brings her Madame X Tour to San Francisco». madonnatribe.com (em inglês). 9 de setembro de 2019. Consultado em 21 de setembro de 2019 
  7. «Madame X Tour - 2 More Miami Shows Added». madonna.com (em inglês). 17 de setembro de 2019. Consultado em 21 de setembro de 2019 
  8. Nigel Smith (18 de setembro de 2019). «Madonna Enlists Her Kids — and Rosie O'Donnell! — for Madame X Tour Kickoff in Brooklyn». People (em inglês). Meredith Corporation. Consultado em 21 de setembro de 2019 
  9. Mark Savage (16 de setembro de 2017). «Madonna: 'I want to reinvent pop tours'». BBC News (em inglês). BBC. Consultado em 12 de maio de 2019 
  10. a b Jack Hardwick (8 de setembro de 2019). «Madonna bans all phones and cameras from her Madame X world tour». Daily Star (em inglês). Reach plc. Consultado em 21 de setembro de 2019 
  11. «Madonna interdit à son tour les portables à ses concerts». HuffPost (em francês). França: AOL. 8 de setembro de 2019. Consultado em 21 de setembro de 2019 
  12. Rashad (8 de setembro de 2019). «Madonna Slammed By Own Fans For Banning Cell Phones From 'Madame X' Tour». thatgrapejuice.net (em inglês). Consultado em 21 de setembro de 2019 
  13. Madonna (20 de setembro de 2019). «3 shows into Madame ❌ and Ive enjoyed every minute of this intimate experience! I ♥️ Looking into the audience and not seeing Iphone's and cameras flashing but instead-eyes, smiles and happy human faces. However I am mystified and confused by some people who insist on sneaking in second cameras and disregarding my request to not record the show. This request is common at all Broadway shows, dance concerts, stand up Comedy and the Opera. People who ignore my request are not allowing themselves to enjoy The show completely but also show a lack of respect and consideration for my wishes. If you can't live without your phone for 2 hours-this Experience is not for you. 💃🏻💯♥️❌👠. #liveinthemoment #bam #madamex». Instagram (em inglês). Consultado em 21 de setembro de 2019 
  14. a b Jason Price (12 de setembro de 2019). «Madonna's Madame X Tour Kickoff to Feature Exclusive Pop-up Shop in NYC!». iconvsicon.com (em inglês). Consultado em 21 de setembro de 2019 
  15. Charlotte Bitmead (13 de setembro de 2019). «Everything You Need To Know About Madonna's Make-Up Collection With Too Faced». Elle (em inglês). Reino Unido: Hearst Corporation. Consultado em 21 de setembro de 2019 
  16. Leah Greenblatt (20 de setembro de 2019). «Madonna brings freewheeling intimacy to Madame X tour». Entertainment Weekly (em inglês). Meredith Corporation. Consultado em 22 de setembro de 2019 
  17. Jon Pareles (18 de setembro de 2019). «Madonna Is Still Taking Chances». The New York Times (em inglês). The New York Times Company. Consultado em 22 de setembro de 2019 
  18. Rob Sheffield (20 de setembro de 2019). «Why Madonna's Madame X Tour Is the Gloriously Insane Mess of Your Dreams». Rolling Stone (em inglês). Penske Media Corporation. Consultado em 22 de setembro de 2019 
  19. Jonathan Yates (18 de setembro de 2019). «Here's the Madonna setlist for her Madame X Tour». mylondon.news/ (em inglês). Consultado em 21 de setembro de 2019 
  20. «Madame X Tour - North America». madonna.com (em inglês). 20 de maio de 2019. Consultado em 20 de maio de 2019 
  21. «Três concertos de Madonna no Coliseu dos Recreios». Rádio Comercial. Media Capital. 20 de maio de 2019. Consultado em 20 de maio de 2019 
  22. «Madonna Unveils Madame X Tour London Shows». madonna.com (em inglês). 12 de maio de 2019. Consultado em 13 de maio de 2019 
  23. «Madame X Tour – Paris Show Dates Unveiled». madonna.com (em inglês). 16 de maio de 2019. Consultado em 16 de maio de 2019 
  24. a b c «Madame X Tour Will Now Start Sept 17th at BAM Howard Gilman Opera House». madonna.com (em inglês). 27 de agosto de 2019. Consultado em 21 de setembro de 2019 
  25. «Madame X Tour - Credits». madonna.com (em inglês). Consultado em 21 de setembro de 2019