Madeline

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Madeline é uma série de livros infantis escritos pelo escritor austríaco[1] Ludwig Bemelmans.[2] Os livros foram adaptados em diversos formatos: longa metragem, filme para a televisão e uma série animada. As adaptações são famosas por seus encerramentos, primeiramente declamados pela atriz Ethel Barrymore em uma peça: "É tudo que há, não há nada mais."[3] O primeiro livro da série, Madeline, foi publicado em 1939. Provou-se um sucesso e Bemelmans escreveu várias sequências ao original durante as décadas de 40 e 50. A série continua, até os dias de hoje, a ser escrita pelo neto de Bemelmans, John Bemelmans-Marciano.[4]

Referências

  1. http://connection.ebscohost.com/c/articles/16664887/food
  2. "The Author Ludwig Bemelmans". Barbara Bemelmans. Madeline.com. Consultado em 18 de julho de 2010. 
  3. "Ethel Barrymore Is Dead at 79; One of Stage's 'Royal Family'". New York Times. 19 de junho de 1959. Consultado em 18 de julho de 2010. 
  4. "History Of Madeline". Barbara Bemelmans. Madeline.com. Consultado em 18 de julho de 2010.