Madona Litta

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Madona Litta
Autor Leonardo da Vinci
Data c. 1490-1491
Técnica Têmpera sobre tela
Dimensões 42  × 33 
Localização Museu Hermitage, São Petersburgo, Rússia

Madona Litta (têmpera sobre tela) é uma pintura do início do século XV atribuída por muitos investigadores a Leonardo da Vinci, enquanto outros pensam que pode ter sido pintado por um de seus seguidores, como Giovanni Antonio Boltraffio ou Marco d'Oggiono[1], uma vez que a técnica apresentada na obra não corresponde à utilizada pelo artista[2]. De seguro, esta obra foi pintado em Milão e encontra-se atualmente no Museu Hermitage São Petersburgo.

Trata-se da representação da Virgem Maria amamentando o menino Jesus, um assunto devocional conhecido como a Virgem Amamentando. A pintura leva esse nome por conta da Casa de Litta, uma nobre família milanesa para a qual foi grande parte da coleção artística da época. [3]

História[editar | editar código-fonte]

A Madona Litta dever ser uma das únicas pinturas da Madona e o menino Jesus concebidas no estúdio de Leonardo antes ou durante sua primeira fase milanesa (entre 1481-3 e 1499), decorrida no período da Alta Renascença.

Vários desenhos do pintor italiano foram identificados como uma preparação para a Madona Litta. Um deles, feito em um ponto de metal e universalmente atribuído a Leonardo, apresenta a face de uma jovem mulher desenhada de perfil e próxima do observador. Há evidências de que esta mesma chapa foi usada como um exemplo para ensinar os seguidores do ateliê de Leonardo. O grande número de cópias da obra sugerem que ela foi feita quando Leonardo ainda estava em vida. [4]

Sobre a obra[editar | editar código-fonte]

A obra é divida apenas em dois planos e é apresentada na posição vertical. No centro, está a Madona amamentando um bebê enquanto olha para ele, já a criança encara fixamente o observador. Ambos os personagens têm expressões faciais com ampla carga emotiva. Atualmente a obra está danificada, diferente de um afresco que apresenta maior durabilidade, a técnica utilizada pelo artista não preservou a pintura.[5]

As figuras foram posicionadas à frente do quadro, em um interior escuro, entre duas janelas abertas, como na pintura anterior do artista, A Virgem do Cravo, com semelhante paisagem montanhosa em perspectiva ao longe. Em sua mão esquerda, o menino Jesus segura um pintassilgo, simbolizando sua futura paixão.[6]

A mulher e a criança aparecem destacadas pela luminosidade maior que no restante do quadro. Os traços dos personagens e sua localização demonstram uma imagem bastante simétrica e, ao mesmo tempo, singela. O fundo reflete um local simples, sossegado e inabitado, possibilitando assim que o menino Jesus possa se alimentar tranquilamente. A perspectiva da obra é firmada a partir desta luz oriunda das janelas e do posicionamento das personagens ao centro.

As expressões também são significativas, ao encarar o quadro, o olhar do menino Jesus imediatamente retem a atenção do espectador. Assim como a riqueza de detalhes: cada fio de cabelo meticulosamente pintado, as dobras da criança e os detalhes da roupa da Madona. Tais aspectos contextualizam o quadro na Renascença italiana. Leonardo se propõe, na obra, a retratar a vida tal como ela é. Utilizando-se de formas delicadas e naturais, trazendo junto uma harmonia entre o homem e a natureza, alcançando uma beleza divina. [7]

Referências

  1. LLC, Revolvy,. «"Madonna Litta" on Revolvy.com». www.revolvy.com (em inglês). Consultado em 25 de setembro de 2017 
  2. «TÓPICOS EM HISTÓRIA DA ARTE - escritos e leituras sobre arte e artistas». www.ufrgs.br. Consultado em 23 de setembro de 2017 
  3. LLC, Revolvy,. «"Madonna Litta" on Revolvy.com». www.revolvy.com (em inglês). Consultado em 25 de setembro de 2017 
  4. LLC, Revolvy,. «"Madonna Litta" on Revolvy.com». www.revolvy.com (em inglês). Consultado em 25 de setembro de 2017 
  5. «TÓPICOS EM HISTÓRIA DA ARTE - escritos e leituras sobre arte e artistas». www.ufrgs.br. Consultado em 23 de setembro de 2017 
  6. LLC, Revolvy,. «"Madonna Litta" on Revolvy.com». www.revolvy.com (em inglês). Consultado em 25 de setembro de 2017 
  7. «Análise da Pintura Madonna Litta, de Leonardo da Vinci». artigos.netsaber.com.br. Consultado em 25 de setembro de 2017 
Ícone de esboço Este artigo sobre pintura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.