Magdale Alves

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Magdale Alves
Nascimento 27 de junho de 1958 (60 anos)
Recife, Pernambuco
Nacionalidade brasileira
Ocupação Atriz
IMDb: (inglês)

Magdale Alves (Recife, 27 de junho de 1958) é uma atriz brasileira.[1]

Estreou na dramaturgia com a peça Guarani com Coca-Cola, espetáculo dirigido por Fernando Limoeiro nos anos 80. Teve maior reconhecimento mais recentemente quando atuou nos filmes Eletrodoméstica, de Kleber Mendonça Filho, Rapsódia Para Um Homem Comum, de Camilo Cavalcanti, Árido Movie, de Lírio Ferreira, e no documentário Orange de Itamaracá, de Franklin Jr. e Márcio Câmara.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel Emissora Notas
2016 Justiça Elvira Rede Globo Minissérie
2014 Em Família Iolanda Rede Globo Telenovela
Amores Roubados Cleonice Rede Globo Minissérie
2007 Amazônia, de Galvez a Chico Mendes Angelina Rede Globo Minissérie

Cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel Notas
2012 Gonzaga - de Pai pra Filho Helena (50 a 55 Anos)
2007 Deserto Feliz
2006 Baixio das Bestas
Mulheres do Brasil Dalvina
2005 Árido Movie Dedé
Eletrodoméstica Mulher Curta-metragem
2002 Amarelo Manga Dayse
2000 Conceição Curta-metragem
1988 Chá Curta-metragem
1985 Quer Tapioca com Manteiga, Freguesa? Curta-metragem

Referências

  1. «Magdale Alves - Teatropedia». Teatropedia. Consultado em 10 de abril de 2014 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um ator é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.