Magdalena Kopp

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Magdalena Cäcilia Kopp [1] (Neu-Ulm, 1948 - Frankfurt, 15 de junho de 2015[2]) foi uma fotógrafa e ex-terrorista alemã, integrante da Fração do Exército Vermelho (em alemão: Rote Armee Fraktion - RAF), mais conhecida como Grupo Baader-Meinhof,[3] e das Células Revolucionárias Alemãs (RZ),[4] organizações de extrema-esquerda. Foi por muitos anos a companheira do terrorista venezuelano Carlos, o Chacal, fase da vida sobre a qual escreveu o livro Os Anos de Terror:Minha Vida ao Lado de Carlos.

Referências

  1. Die Frau, die "Lilly" war Süeddeutsche Zeitung (em alemão)
  2. Terrorismus: Carlos' Ex-Frau Magdalena Kopp gestorben - Originalmente da FOCUS Online News JS - acessado em 9 de março de 2016 (em alemão)
  3. «Extracts of Carlos - Portrait of a terrorist». colin-smith.info. Consultado em 17/01/2015. 
  4. «Volver a Nel-Ulm». noticias24.com. Consultado em 17/01/2015. 
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.