Magia (canção)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Magia"
canção de Djavan
do álbum A Voz, O Violão A Música de Djavan
Lançamento 1976
Gênero(s) MPB, folk, tropicália
Duração 02:58
Gravadora(s) Somlivre
Letrista(s) Djavan
Composição Djavan
Produção Guto Graça Mello, Aloysio de Oliveira, Victor
Faixas de A Voz, O Violão A Música de Djavan
"Fato Consumado"
(10)
"Ventos do Norte"
(12)

Magia é uma canção composta pelo músico e cantor Djavan para seu álbum de estreia homônimo com subtítulo de "A Voz, O Violão, A Música de Djavan" de 1976 [1]. Na canção a exploração de elementos de música folclórica, assim como em canções como "Quantas Voltas Dá Meu Mundo" e "Ventos do Norte" do mesmo álbum [2]. A letra e melodia é marcada pela repetição da estrofe: "reserve o mito da magia, só para você" [3]. Djavan parece referir-se ao tema "dom" em questão, numa complexa letra minimalista, de apenas três versos mínimos. A canção é envolvida pelos backing vocals psicodélicos, que confrontam com outro verso da canção cantando o refrão; pela presença de tambores, além de flautas. Essa música se torna uma das raras canções na carreira de Djavan em que ele trabalha efetivamente com a música foclórica de forma moderna e vanguardista.

Ficha Técnica [4][editar | editar código-fonte]

Referências