Magia (DC Comics)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura pelo(a) personagem da Marvel Comics, veja Encantor.
Magia (DC Comics)
Outro(s) nome(s) June Moone
Espécie Humana

Entidade Extra-Dimensional

Ocupação Atualmente; Feiticeira e Bruxa

Antigamente; Dançarina ou Arqueóloga

Afiliações Pacto das Sombras
Esquadrão Suicida
Sentinelas da Magia
Vilões Esquecidos
Liga da Justiça Sombria
Criado por Bob Haney (escritor)
Howard Purcell (desenhista)
Primeira aparição Strange Adventures #187 (Abril de 1966)
Editora(s) DC Comics
Espécie Humana

Entidade Extra-Dimensional

Afiliações Pacto das Sombras
Esquadrão Suicida
Sentinelas da Magia
Vilões Esquecidos
Liga da Justiça Sombria
Ocupação Atualmente; Feiticeira e Bruxa

Antigamente; Dançarina ou Arqueóloga

Parceria Esquadrão Suicida
Codinomes conhecidos Encantadora

Feiticeira

Habilidades
  • Mestre Feiticeira (os seus poderes mágicos são a nível de quase-onipotência)

Magia também conhecida como Encantadora ou Feiticeira[1](em inglês, Enchantress) é uma supervilã e também heroína que aparece nas histórias em quadrinhos norte-americanas publicadas pela DC Comics. A personagem foi criada pelo escritor Bob Haney e pelo artista Howard Purcell e apareceu pela primeira vez no título de ficção científica Strange Adventures # 187 (abril de 1966). A personagem tem sido periodicamente retratada como assumindo o papel de uma anti-heroína.

Magia tem sua estreia cinematográfica em live action em 2016 no filme Esquadrão Suicida, interpretada pela atriz e modelo Britânica Cara Delevingne.

História do Personagem[editar | editar código-fonte]

Inicialmente a artista freelance June Moone é convidada para uma festa a fantasia em um antigo castelo, e se depara com uma câmara secreta, onde um ser mágico desconhecido (mais tarde nomeado como Dzamor, um demônio convertido que tem a intenção de usar June Moone como receptáculo para um grande poder com o intuito de ser sua paladina ) então obriga June a lutar contra uma presença maligna no castelo. Dizendo as palavras "A Magia" (original Enchantress) ela se transforma, e dos cabelos loiros de June veremos surgir uma feiticeira de cabelos negros com uma aparência mais sombria que possui uma infinidade de poderes mágicos.

Derrotando a criatura no castelo um Minotauro de uma tapeçaria, logo depois, ela também derrota um monstro no Cabo Kennedy e a miragem de uma criatura demoníaca que manipulava um bandido.

Em sua próxima aparição no entanto, a Magia é mostrada como uma personagem complexa lutando contra a Supergirl, que a impede de ganhar um poder onipotente e mágico, o que cancelaria todas as outras superpotências na Terra. Por duas vezes seu lado sombrio assume o controle e depois disso a personagem continua sua carreira como membro dos "Vilões Esquecidos" e parte com o exército de supervilões durante o evento "Crise nas Infinitas Terras".

Esquadrão Suicida[editar | editar código-fonte]

Ela está próxima de ser recrutada para o recém-formado "Força Tarefa X", que em breve será conhecido como o "Esquadrão Suicida", sobre a promessa de que eles poderiam manter seu lado sombrio sob controle . Em sua primeira missão, ela usa uma enorme quantidade de energia mágica; para derrotar Brimstone, que foi enviado ao longo do limite para que ela torne-se temporariamente a verdadeira vilã.

Durante o seu percurso com o Esquadrão Suicida, o controle de June Moone sobre seu lado magico como"Enchantress", gradativamente se tornou mais fraco, e ela atrapalhou pelo menos uma missão e por este motivo o seu companheiro de equipe Pistoleiro é encarregado de elimina-la, caso ela ficasse fora de controle. Eventualmente, Madame Xanadu diagnosticou que a perda do controle de June era devido ao fato de June ter iniciado prematuramente a utilizar seus poderes como "Enchantress" e a única maneira de se controlar era que ela não os utilizasse, até que a sua aura se restaura-se  protegendo a das influências malignas de Enchantress " e recuperasse seus plenos poderes .

Madame Xanadu dá a June um colar magico e que em conjunto com um anel podem inibir a "Magia" impedindo a de usar os seus poderes para o mal como uma medida provisória.

June, em seguida, descobre que sua personalidade Enchantress / Magia é de fato uma entidade maligna  separada de outra dimensão que foi fundida com ela e que não era simplesmente uma manifestação magica .

Esta entidade é arrancada de seu corpo por um demônio chamado Incubus, e pouco depois June desaparece do Esquadrão Suicida por razões desconhecidas. Nada mais é ouvido sobre June Moone ou Magia por onze anos.

Dia do Julgamento[editar | editar código-fonte]

Onze anos mais tarde, depois de uma tempestade causada pela guerra no inferno, June se liberta do Instituto Mental Ostrander, em Nova Jersey, onde ela tinha sido internada por um período indeterminado de tempo. Recusando-se a juntar-se com os super-heróis que lutavam contra uma invasão demoníaca na Terra e no Inferno, a Magia recém-liberada é possuída pelo Desafiador e foi usada ajudar na luta no inferno.

Uma vez lá, a "personalidade"de Magia é "destruída"por Fausto como um ato puramente mal, e seria única maneira de reacender o fogo do inferno.

JLA: Batismo Negro[editar | editar código-fonte]

June Moone é deixada em um estado semi-catatônico após a remoção de sua personalidade mágica Enchantress/Magia e foi internada no "Sanatório Campos Elysium" fora de Detroit. Fausto a remove do sanatório e a reúne mais uma vez com sua personalidade a entidade Enchantress /Magia que na verdade não tinha sido destruída por ele, mas mascarada pela "Anita Soul Eater"um súcubo que trabalhava com um grupo de demônios da máfia, com o intuito de criar um portal de entrada para o Inferno e ressuscitar Hermes Trismegisto (um feiticeiro louco que queria destruir a vida na Terra).

Quando a Magia e June são recombinadas, uma nova entidade chamada Soulsinger é criada temporariamente e que desaparece pouco depois, deixando para trás Enchantress / Magia mais uma vez como uma entidade separada, mas desta vez sem seus poderes. June Moone é levada para ser curada pelo Doutor Oculto.

Os Novos 52[editar | editar código-fonte]

Em 2011 a DC Comics cancelou todos os seus títulos e relançou 52 novas histórias em quadrinhos como parte dos Os Novos 52.

Um deles foi Liga da Justiça Sombria que apresenta uma série de heróis sobrenaturais temáticos incluindo Shade, o Homem Mutável, Zatanna, John Constantine, e Madame Xanadu se unindo para lutar contra uma Enchantress / Magia insana que se separou de June Moone. John Constantine descobriu que Madame Xanadu disse um encantamento que separava June Moone de Magia e leu um encantamento que reverteu o feitiço.

Poderes e Habilidades[editar | editar código-fonte]

Magia é uma poderosa feiticeira. Ela parece possuir a habilidade de manipular energia mágica para qualquer número de efeitos, como cura, teletransporte, ilusionismo, geração de energia, feitiçaria, possessão, telepatia, telecinese, controle climático limitado, controle mental, criar clones de si mesma, entre outros, como fez em Liga da Justiça Sombria, onde chegou a derrotar Superman, Mulher Maravilha e Cyborg de uma só vez. Pode afetar diretamente quaisquer objetos não animados com sua magia. Ela também pode atravessar paredes.

Um aspecto único do seu poder é a sua sensibilidade à magia. Ela foi capaz de fazer um vínculo com a essência de Eclipso no enredo Dia da Vingança, usando a conexão de falar pensamentos de Eclipso para o resto do grupo, e também misticamente acompanhar o Espectro por adivinhar sua trilha mágica. Ela também pode acessar remotamente o poder de outro usuário de magia, como ela fez quando canalizou o poder de quase todos os seres mágicos na terra através dela.

Depois das edições de Estranhas Aventuras, o lado mal de Magia se manifesta sempre que June Moone se altera.

Mais tarde, seu lado mal se manifesta apenas quando ela estava sob grande estresse mágico que a sobrecarregou, e ela voltou ao normal depois que a sobrecarga diminuiu. Isso não foi mais possível desde que a entidade "SoulSinger" separou-a da entidade maligna de Magia, sem os seus poderes antes de se dissipar, deixando June Moone com o poderes de Magia, mas sem sua personalidade má.

Ela tomou posse na noite das bruxas do "Caldeirão Herne-Ramsgate", o que lhe permite encontrar quase todas as criaturas mágicas no Universo DC. Poderes e habilidades:

  • Magia:Capacidade de manipular energia mística e fazer com ela o que quiser na forma de fórmulas, rituais, ações simbólicas, etc.
  • Telecinese:Habilidade de mover objetos e pessoas com o poder da mente. Esse poder, tem duas formas de ser canalizadas, ou seja, poder ser usado através das mãos e da mente.
  • Telepatia:Habilidade de ler as mentes das pessoas, com essa habilidade ela pode controlar 2.000 pessoas de um determinado local, colocar seus pensamentos nas mentes alheias ou simplesmente matar pessoas com ondas psiônicas e rajadas psíquicas.
  • Possessão:Capacidade de sair do seu próprio corpo e ficar na "forma astral" e assim possuir outros corpos.
  • Projeção astral:Capacidade de sair do seu corpo e ficar na "forma astral", nessa forma ela poder criar "armas astrais"*(espadas, escudos, chicotes, lâminas, etc.) que são capazes de cortar ou quebrar qualquer coisa sólida ou física. Nessa forma ela pode lutar contra outros espíritos.
  • Manipulação da realidade:Habilidade de alterar a realidade e é normalmente considerada como o super poder supremo. Com esse poder a Magia se torna quase onipotente, graças a capacidade de realizar todos os seus desejos, pensamentos e sonhos.
  • Intangibilidade:Habilidade de poder atravessar qualquer objeto sólido (como paredes) e pessoas.
  • Controle climático:Capacidade de manipular a atmosfera e criar fortes tempestades, fazer chover, furacões, etc. Pode manipular todos os elementos da natureza.
  • Metamorfose:Pode se transformar em qualquer ser vivo, por exemplo:Magia pode se disfarçar mudando sua forma física para a forma de outra pessoa ou animais em qualquer situação.
  • teletransporte:Pode se teletransportar (mudar de lugar) para qualquer lugar no mundo.
  • Criação de portais:Pode abrir portais que vão transportar-lá para qualquer lugar no mundo ou em qualquer dimensão.
  • Magia negra:Habilidade mística que aumenta as habilidades mágicas dela e trás o caos para onde ela está ou vai, com o poder das trevas ela fica mais forte.
  • Feitiçaria:Arte das trevas que através de rituais ela pode fazer o que quiser, seja para prejudicar uma pessoa ou fazer uma mudança drástica no mundo inteiro.
  • Energia mística:Energia mágica que é responsável pela criação de feitiços, bruxaria, outros tipos de energia. A Magia usa muito o misticismo para criar portais, feitiços e suas rajadas.

Em Outras Mídias[editar | editar código-fonte]

Cara Delevingne interpreta Magia no cinema.
  • Magia aparece no filme de animação Liga da Justiça: Ponto de Ignição.
  • Magia aparece como um dos personagens principais do filme em live-action do Esquadrão Suicida, interpretada por Cara Delevingne. Ela é a principal vilã, o espírito de uma feiticeira que se incorpora na arqueóloga June Moone após ser encontrada nas ruínas de uma civilização extinta.

Referências