Mahis (Jordânia)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Mahis)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Mahi.
Mahis

مدينة ماحص

  Cidade  
Tarde de inverno em Mahis
Tarde de inverno em Mahis
Mahis está localizado em: Jordânia
Mahis
Localização na Jordânia
Coordenadas 31° 59' N 35° 46' E
País  Jordânia
Governorate Balqa (governorate)
Altitude 800 m
População (2005)
 - Total 14,000
Fuso horário UTC+2 (UTC+2)
 - Horário de verão UTC+3 (UTC+3)

Mahis (em árabe: ماحص) é uma vila jordaniana localizada no Balqa (governadoria) Noroeste da capital da governadoria do Salt, e 10 km oeste de Amã. Sua população ultrapassa 14.000. A maioria da população de Mahis descende da tribo Al-Abbadi[1] (em árabe: العبادي). A vila montanhosa está localizada a mais de 800 metros,[2] com vista panorâmica sobre o vale da Jordânia, Cisjordânia, e paredes de Jerusalém visíveis no horizonte. Mahis é conhecida por seus pomares e suas numerosas fontes e nascentes de água, especialmente a Fonte de Mahis.

Origem Histórica de Mahis[editar | editar código-fonte]

Vista de Mahis do vale da Jordânia

Acredita-se que Mahis surgiu durante o período romano, quando a fronteira judaica Pereia e do território de Filadélfia - Amã do Decápole, e no período bizantino entre o território da Diocese de Gadara - al-Salte e Filadélfia.[3] O nome vem da palavra árabe (em árabe: محص) ou seja, para verificar e analisar devido a seu status como um ponto de controle de fronteiras.

Economia de Mahis[editar | editar código-fonte]

Fazendas em Mahis

Mahis é baseado em uma economia agrária, incluindo trigo, cevada e tabaco, bem como romãs, uvas e azeitonas. A importância da agricultura está diminuindo, embora figos e azeitonas ainda são a principal fonte de renda. A área também produz bens naturais, tais como caulim, que é então produzido na cidade vizinha Fuhais.[4]

A parte sul do território de Mahis chamado Almeda (em árabe: الميدة) também atrai o turismo, devido às suas montanhas arborizadas e localização, perto da Mar Morto/Cisjordânia, bem como Amã. Mahis também se concentra na educação e é bem conhecida por suas disciplinas acadêmicas de ensino superior.

Importância religiosa[editar | editar código-fonte]

O túmulo de Al-Khidr o profeta

Em Mahis há um santuário de Al-Khidr, uma única sala cercada por um pequeno jardim com uma bandeira verde no topo.[5][6] Near Mahies (2 km a oeste de Mahis), em uma área chamada Wadi Shoaib, é o túmulo do profeta Shoaib ou Jethro na tradição bíblica.[7]

Demografia de Mahis[editar | editar código-fonte]

A população é geralmente de árabes, principalmente os descendentes da tribo Al-Abbadi, a segunda maior na Jordânia,[8] também referida como a família dos Al-Jbara, incluindo AlSheyab, Al Shebly, Al Jawaldeh, e outros.

Referências

  1. Bawazir.com Arquivado em 4 de fevereiro de 2007, no Wayback Machine. (Arabic Online)
  2. Indexmundi.com Online.
  3. RICERCA STORICO-ARCHEOLOGICAIN GIORDANIA XXIII - 2003 Arquivado em 29 de setembro de 2007, no Wayback Machine. (Arquivo Pdf Pesquisa por Basema Hamarneh)
  4. Jordandevnet.org Arquivado em 26 de julho de 2011, no Wayback Machine. Online
  5. Zain-Eldin, Mustafa Bin-Hashim (verão de 2003). «Jordan: The Land of Prophets» (PDF). Islamic Tourism (7): 66–74. Consultado em 27 de dezembro de 2010 
  6. [http://www.asor.org/outreach/Features/elias.htm The American Schools of Oriental Research] on-line
  7. Peterjclark.tripod.com Online.
  8. «العشائر الاردنيه - بني عباد آل عبادي» (em Arabic). Consultado em 27 de dezembro de 2010. Arquivado do original em 7 de julho de 2011 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]