Make America Great Again

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Make America Great Again!)
Ir para: navegação, pesquisa

Make America Great Again (em português: Torne a América Grande Novamente), abreviado como MAGA, é um slogan de campanha adotado em campanhas presidenciais nos Estados Unidos que originou-se durante a campanha presidencial de Ronald Reagan na eleição presidencial em 1980. Popularizado por Donald Trump durante a sua campanha presidencial em 2016.

Campanha presidencial de Reagan em 1980[editar | editar código-fonte]

Cartaz da campanha presidencial de Ronald Reagan em 1980.

Foi usado primeiramente usada na campanha presidencial de Ronald Reagan, quando os Estados Unidos sofreram um agramento da economia em recessão marcada pela estagflação.[1][2][3][4] Usando a angústia econômica do país como um trampolim para sua campanha, Reagan usou o slogan para despertar um sentimento de patriotismo entre o eleitorado.[5]

Durante a convenção das eleições primárias presidenciais do Partido Republicano em 1980, Ronald Reagan anuncia em seu discurso: "Para aqueles que abandonaram a esperança. Vamos restaurar a esperança, e vamos recebê-los em uma grande cruzada nacional para fazer a América grande novamente".[6] Também declara no Dia do Trabalho daquele mesmo ano: "Este país precisa de uma nova administração com uma renovada dedicação ao sonho da América, uma administração que dará a esse sonho uma nova vida, e tornará a América grande novamente".[6]

A expressão "Let's Make America Great Again" apareceu nos buttons e pôsteres de Reagan durante a sua campanha presidencial.[2]

Campanha presidencial de Trump em 2016[editar | editar código-fonte]

Donald Trump usando um boné com o slogan "Make America Great Again" durante sua campanha presidencial em 2016.

Durante sua campanha para as primárias do Partido Republicano e depois para a eleição presidencial de 2016, Donald Trump retomou o termo, como uma referência à presidência de Ronald Reagan,[7][8][9][10] popularizando o slogan desde o início de sua campanha.[11] Ele disse que a ideia veio a ele em 7 de novembro de 2012, após a reeleição de Barack Obama,[12] embora ele também disse em outra ocasião que a ideia surgiu em 2014, um ano antes do início de sua campanha.[6] Trump também afirma ser o autor do slogan e obteve a marca em julho de 2015, poucas semanas após o lançamento de sua campanha.[6][13]

Trump também declina o slogan durante seu discurso na Convenção Republicana, em julho de 2016, na qual ele proclamou formalmente como candidato presidencial do partido: "Nós faremos a América forte novamente, nós faremos os Estados Unidos orgulhosos novamente".[14]

Em 20 de janeiro de 2017, no Capitólio, em Washington D.C., ele retoma o slogan e suas declinações para terminar seu primeiro discurso como presidente dos Estados Unidos: "Juntos, tornaremos a América forte novamente. Vamos fazer a América rica novamente. Nós faremos América orgulhosa outra vez. Vamos fazer a América segura novamente. E sim, juntos, nós faremos a América grande outra vez. Obrigado. Deus te abençoê. E Deus abençoe a América".[15]

Dois dias antes de fazer o juramento de posse, anunciou em teatros, em entrevista ao Washington Post, o slogan que ele havia escolhido para sua futura campanha de reeleição em 2020, "Keep America Great!" ("Vamos preservar a grandeza da América!"), não hesitando em interromper a entrevista para chamar seu advogado para que a marca é depositada. Esta frase é idêntica ao slogan do filme de terror de ficção científica The Purge: Election Year, lançado em 2016 (quatro meses antes de sua eleição como chefe do país) e cujo roteirista disse que o havia escolhido como uma "piscadela" para o slogan de Trump.[12][16]

Utilização do slogan por outros políticos[editar | editar código-fonte]

O slogan também foi usado pelo ex-presidente Bill Clinton em sua campanha presidencial durante a eleição presidencial em 1992, embora posteriormente, ele criticou a frase como sendo um dog whistle[nota 1] racista durante as eleições de 2016.[18][6]

Os principais oponentes de Trump, Ted Cruz e Scott Walker, começaram a usar "Make America Great Again" em seus discursos, incitando Trump a enviar cartas de cessar e desistir. Cruz mais tarde vendeu chapéus que caracterizam, "Make Trump Debate Again", em resposta ao boicote de Trump ao debate em Iowa durante as eleições primárias presidenciais do Partido Republicano em 2016.[19]

Com crescente onda populista de extrema-direita na Europa, alguns políticos apropriaram-se do slogan, e começaram a usar "Make Europe Great Again".[20][21][22][23] Marine Le Pen, então candidata na eleição presidencial da francesa em 2017, também adotou a frase, usando-a em seus discursos como "Make France Great Again".[24][25]

Notas

  1. Dog whistle é uma mensagem política empregando linguagem codificada que parece significar uma coisa para a população em geral, mas tem uma ressonância adicional, diferente ou mais específica para um subgrupo direcionado.[17]

Referências

  1. «Ronald Reagan's Classic 1980 Campaign Poster Challenges Voters, "Let's Make America Great Again"» (em inglês). Iagreetosee.com. Consultado em 27 de maio de 2017 
  2. a b Matt Taibbi (25 de março de 2015). «Donald Trump Claims Authorship of Legendary Reagan Slogan; Has Never Heard of Google» (em inglês). Rolling Stone. Consultado em 27 de maio de 2017 
  3. «Trump: The Last Time America Was Great Was During the Reagan Administration [VIDEO]» (em inglês). Daily Caller.com. Consultado em 27 de maio de 2017 
  4. «Presidential Politics, 20th Century Style: Reagan-Carter» (em inglês). MHHE.com. Consultado em 27 de maio de 2017 
  5. «Ronald Reagan's 1980 Campaign Poster, "Let's Make America Great Again"». I Agree to See (em inglês). 30 de junho de 2013. Consultado em 27 de maio de 2017 
  6. a b c d e Margolin, Emma (9 de setembro de 2016). «'Make America Great Again'—Who Said It First?» (em inglês). NBC. Consultado em 27 de maio de 2017 
  7. Steve Guest (16 de agosto de 2015). «-The Last Time America Was Great Was During the Reagan Administration» (em inglês). The Daily Caller. Consultado em 27 de maio de 2017 
  8. Stu Spencer e Ken Khachigian (23 de agosto de 2015). «Trump Is No Reagan» (em inglês). RealClearPolitics. Consultado em 27 de maio de 2017 
  9. Colin Campbell (12 de maio de 2015). «Donald Trump trademarked a Ronald Reagan slogan and would like to stop other Republicans from using it» (em inglês). Business Insider. Consultado em 27 de maio de 2017 
  10. «Presidential Politics, 20th Century Style - Reagan-Carter» (em inglês). McGraw Hill Higher Education. Consultado em 27 de maio de 2017 
  11. Philip Bump (25 de janeiro de 2017). «Why Donald Trump has given up on the hat». The Washington Post (em inglês). Consultado em 27 de maio de 2017 
  12. a b «Trump a déjà déposé son slogan de campagne pour 2020, piqué à un film d'horreur». 20 minutes (em francês). 25 de janeiro de 2017. Consultado em 27 de maio de 2017 
  13. Enrico Bonadio (15 de outubro de 2015). «How Donald Trump trademarked the slogan 'Make America Great Again». The Conversation (em inglês). Consultado em 27 de maio de 2017 
  14. «Donald Trump's speech at the Republican convention, as prepared for delivery» (em inglês). CNN. 22 de julho de 2016. Consultado em 27 de maio de 2017 
  15. «Inaugural address: Trump's full speech» (em inglês). CNN. 21 de janeiro de 2017. Consultado em 27 de maio de 2017 
  16. Maxime Bourdeau (25 de janeiro de 2017). «Donald Trump est déjà prêt pour 2020 et a officiellement déposé "Keep America Great!" comme slogan de réélection». The Huffington Post (em francês). Consultado em 27 de maio de 2017 
  17. Safire, William (2008). Safire's political dictionary Rev. ed. Nova Iorque: Oxford University Press. p. 190. ISBN 0-19-534334-4 
  18. Chasmar, Jessica (9 de setembro de 2016). «Bill Clinton vowed to 'make America great again' in 1992, now says slogan is racist». Washington Times (em inglês). Consultado em 27 de maio de 2017 
  19. Bradford Richardson (27 de janeiro de 2016). «Cruz sells 'Make Trump Debate Again' hats». The Hill (em inglês). Consultado em 26 de maio de 2017 
  20. Aamna Mohdin (26 de janeiro de 2017). «Far-right European politicians are talking about "making Europe great again"». Quartz (em inglês). Consultado em 26 de maio de 2017 
  21. «Hungarian Prime Minister: 'Make Europe Great Again'» (em inglês). Breitbart. 26 de janeiro de 2017. Consultado em 27 de maio de 2017 
  22. «Finance Minister Schäuble slams Schulz fans for 'Make Europe Great Again' slogan» (em inglês). DW. Consultado em 27 de maio de 2017 
  23. James Kirkpatrick (23 de fevereiro de 2017). «Make Europe Great Again: Nationalism On The Rise—But Fast Enough?» (em inglês). VDARE. Consultado em 27 de maio de 2017 
  24. Charles Bremner (27 de fevereiro de 2017). «Only I can make France great again, says Le Pen». The Times (em inglês). Paris. Consultado em 26 de maio de 2017 
  25. «Marine Le Pen's plan to make France great again» (em inglês). POLITICO. Consultado em 27 de maio de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Make America Great Again