Make Me Wanna Die

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Make Me Wanna Die"
Single de The Pretty Reckless
do álbum Light Me Up
Lado B "Zombie"
Lançamento 30 de março de 2010
Formato(s) CD Single, Download Digital
Gravação 2009
Gênero(s) Rock alternativo, post-grunge, hard rock
Duração 3:54
Gravadora(s) Interscope
Composição Taylor Momsen, Kato Khandwala, Ben Phillips
Produção Kato Khandwala
Cronologia de singles de The Pretty Reckless
"Miss Nothing"
(2010)

Make Me Wanna Die (em português: Você me faz querer morrer) é uma canção da banda norte-americana de rock alternativo The Pretty Reckless contida em seu primeiro álbum de estreia, Light Me Up, e também no primeiro Extended play (EP) da banda, The Pretty Reckless, e lançada mundialmente como primeiro single do disco em 30 de março de 2010 pela gravadora Interscope Records em formato de download digital.[1]

A canção, escrita por Taylor Momsen, Ben Phillips e Kato Khandwala, e produzida por este último, recebeu em sua maioria críticas positivas, à exceção do portal Common sense media que descreveu a canção como "uma péssima influência para os adolescentes".[1]

Produção[editar | editar código-fonte]

Formatos e lista de faixas[editar | editar código-fonte]

Download digital[2]
N.º Título Compositor(es) Duração
1. "Make Me Wanna Die"   Taylor Momsen, Kato Khandwala, Ben Phillips 3:54
CD single
N.º Título Compositor(es) Duração
1. "Make Me Wanna Die"   Taylor Momsen, Kato Khandwala, Ben Phillips 3:54
2. "Zombie"     3:07

Apresentações ao vivo[editar | editar código-fonte]

Créditos de elaboração[editar | editar código-fonte]

Lista-se abaixo todos os profissionais envolvidos na elaboração de "Make Me Wanna Die", de acordo com o portal Allmusic Guide.[3]

Recepção crítica[editar | editar código-fonte]

Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
BBC Music[4] 4 de 5 estrelas.
Common Sense Media[1] 3 de 5 estrelas.
Digital Spy[5] 4 de 5 estrelas.

"Make Me Wanna Die" foi bem recebida pelos críticos musicais em geral, à exceção de alguns que criticaram o "estilo agressivo" da canção. Gerard McGarry, editor do portal Unreality Shout elogiou os vocais de Momsen e afirmou que eles fazem um "rock autêntico" e que o início da canção lembra a canção Misery Business, do Paramore. McGarry, no momento em que afirma que a música "é um ode de Taylor sobre a vontade de morrer", escreve que ela é "fantasticamente melodramática, com linhas fabulosas".[4] Fraser McAlpine, do portal BBC Music, foi mais um que comparou o som de Momsen ao de bandas como Paramore e Hole. Atribuindo quatro estrelas à canção e copiando uma passagem de outro portal ele afirma que "às vezes você apenas tem que reconhecer que uma música é boa, independentemente de quem canta".[6] Em outra revisão, produzida pelo mesmo portal, é afirmado que a canção é carregada de clichês em sua estrutura.[7]

Desempenho[editar | editar código-fonte]

Tabelas musicais (2010) Melhor
posição
Australian (ARIA)[8] 61
European Hot 100 57
UK Singles (The Official Charts Company) 16
UK Rock (The Official Charts Company)[9] 1

Referências

  1. a b c «"Make Me Wanna Die" (CD single)» (em inglês). Common Sense Media. Consultado em 28 de junho de 2012 
  2. «Make Me Wanna Die - Single - The Pretty Reckless». iTunes 
  3. «Empezar Desde Cero:Credits» (em inglês). Allmusic Guide. Consultado em 30 de maio de 2012 
  4. a b «The Pretty Reckless - Make Me Wanna Die - Single & Video Review» (PDF) (em inglês). Unreality Shout. Consultado em 28 de junho de 2012 
  5. «The Pretty Reckless: 'Make Me Wanna Die'» (em inglês). Digital Spy. Consultado em 28 de junho de 2012 
  6. «The Pretty Reckless - 'Make Me Wanna Die'» (PDF) (em inglês). BBC Music. Consultado em 28 de junho de 2012 
  7. «The Pretty Reckless Light Me Up Review» (PDF) (em inglês). BBC Music. Consultado em 28 de junho de 2012 
  8. «The Aria Report - Charts» (PDF) (em inglês). Pandora.nla.gov.au 
  9. «UK Rock Chart archive» (em inglês). Theofficialcharts.com. Consultado em 29 de maio de 2010 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]