Malungo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Malungo (do kikongo m'alungu, contração de mualungu - locativo para "no barco", "no navio"[nota 1]) quer dizer, na gíria falada pelos negros brasileiros durante a escravidão, "companheiro", pessoa da mesma condição.[1]

Os escravizados que vinham para o Brasil referiam-se aos seus colegas de viagem como "meu malungo", mas o termo foi perdendo essa acepção original a partir de 1850, com o fim do tráfico negreiro, e o paulatino fim dos africanos natos, mas se manteve com o significado de companheiro, indivíduo da mesma laia, parente.[1]

Por extensão, malungo também é termo usado para designar os irmãos de criação, ou "colaço" (indivíduos que mamaram na mesma mulher).[2]

Impacto cultural[editar | editar código-fonte]

Malungo é o nome de uma banda musical da cidade de Blumenau.[3]

Em São Luís, capital maranhense, há o Grupo de Dança Afro Malungos .[4]

Títulos de livros[editar | editar código-fonte]

  • Malungos na escola: questões sobre culturas afrodescendentes e educação, livro de 2007 de Edimilson de Almeida Pereira.
  • Senzala insurgente: malungos, parentes e rebeldes nas fazendas de Campinas (1832), obra de Ricardo Figueiredo Pirola e Robert W. Slenes, Unicamp, 2011.


Notas e referências

Notas

  1. Macedo Soares, contudo, aventa a possibilidade de o termo ter origem em mah'ungo, que significa "vizinho".

Referências

  1. a b Verbete malungo in: Câmara Cascudo. Dicionário do Folclore Brasileiro. [S.l.]: Ediouro. p. 540-541. ISBN 8500800070 
  2. Dicionário Aurélio, verbetes malungo e irmão - colaço.
  3. «Agora vai! O batuque da Malungo neste domingo». Clic RBS. 28 de outubro de 2013. Consultado em 24 de novembro de 2013 
  4. «Prefeitura adere ao projeto de fortalecimento da igualdade racial». Jornal Pequeno. 21 de novembro de 2013. Consultado em 24 de novembro de 2013 
Wikcionário
O Wikcionário tem o verbete malungo.