Manaslu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Manaslu
Monte Manaslu
Manaslu está localizado em: Nepal
Manaslu
Localização
Coordenadas 28° 33' N 84° 34' E
Altitude 8156 m (26758 pés)
Posição: 8
Proeminência 3092 m
Posição: 80
Cume-pai: Monte Everest
Listas 8000s
Ultra
Localização Flag of Nepal.svg Nepal
Cordilheira Himalaia
Primeira ascensão 9 de maio de 1956 por Toshio Imanishi e Gyaldzen Norbu
Rota mais fácil Escalada em neve/gelo

O Manaslu (também conhecido como Kutang) é a oitava montanha mais alta do mundo. Está localizada na cordilheira do Himalaia. Seu nome deriva da palavra Manasa, que em sânscrito significa a montanha do espírito.

O Manaslu foi escalado primeiramente em 9 de maio de 1956, por Toshio Imanishi e Gyalzen Norbu, membros de uma expedição japonesa.

O primeiro português a atingir o seu cume foi João Garcia, em 28 de Abril de 2009, sem recurso a oxigénio artificial, e após cinco semanas de adiamentos devido às más condições atmosféricas, mais agrestes do que seria de esperar, o que levou a que muitos outros alpinistas, nesse período, tenham desistido nas suas tentativas de chegar ao cume. Esta expedição insere-se no âmbito do projeto À conquista dos Picos do Mundo, onde João Garcia pretende escalar (sem recurso a oxigénio, e entre 2006 e 2010) oito das catorze montanhas com mais de oito mil metros de altitude, totalizando assim em 2010 os catorze cumes.

Tragédias[editar | editar código-fonte]

Monte Manaslu tem 8156 m (26760 pés) de altitude e tem atraído escaladores recentemente, porque é considerado um dos picos mais fáceis de subir entre montanhas mais altas do mundo. O Nepal tem oito dos 14 picos mais elevados no mundo. Alpinistas reclamaram nos últimos anos que as condições nas montanhas se deterioraram e os riscos de acidentes aumentam, com alguns colocando a culpa no aquecimento global.[1]

As avalanches não são muito frequentes no Manaslu, mas em 1972 uma atingiu uma equipe de escaladores e matou seis coreanos e 10 guias nepaleses.[1]

Outra avalanche ocorreu cerca de 4 da manhã de domingo do dia 23 de setembro de 2012, enquanto mais de duas dezenas de alpinistas estavam dormindo em suas tendas no acampamento 3, pelo menos nove alpinistas morreram.[2]

Ver também[editar | editar código-fonte]

  • Reinhold Messner (O primeiro homem a escalar as 14 maiores montanhas do mundo)

Referências


Os catorze picos com mais de oito mil metros de altitude
Everest
1. Flag of the People's Republic of China.svg Flag of Nepal.png Everest 8 844 m
2. Flag of the People's Republic of China.svgFlag of Pakistan.svg K2 8 611 m
3. Flag of India.svg Flag of Nepal.png Kanchenjunga 8 586 m
4. Flag of the People's Republic of China.svg Flag of Nepal.png Lhotse 8 516 m
5. Flag of the People's Republic of China.svg Flag of Nepal.png Makalu 8 462 m
6. Flag of the People's Republic of China.svg Flag of Nepal.png Cho Oyu 8 201 m
7. Flag of Nepal.svg Dhaulagiri 8 167 m
8. Flag of Nepal.svg Manaslu 8 156 m
9. Flag of Pakistan.svg Nanga Parbat 8 125 m
10. Flag of Nepal.svg Annapurna 8 091 m
11. Flag of the People's Republic of China.svgFlag of Pakistan.svg Gasherbrum I 8 068 m
12. Flag of the People's Republic of China.svgFlag of Pakistan.svg Broad Peak 8 047 m
13. Flag of the People's Republic of China.svgFlag of Pakistan.svg Gasherbrum II 8 035 m
14. Flag of the People's Republic of China.svg Shishapangma 8 013 m
Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia do Nepal, integrado ao Projeto Ásia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.