Manfredo Fest

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Manfredo Fest
Informação geral
Nome completo Manfredo Irmin Fest
Nascimento 13 de maio de 1936
Local de nascimento Porto Alegre, Rio Grande do Sul
Brasil
Morte 8 de outubro de 1999 (63 anos)
Local de morte Tampa Bay, Flórida
Estados Unidos
Nacionalidade brasileira
Gênero(s) bossa nova, jazz, blues
Ocupação(ões) músico
Instrumento(s) Piano, órgão, saxofone
Período em atividade 1962-97
Gravadora(s) RGE, Independente

Manfredo Irmin Fest (Porto Alegre, 13 de maio de 1936Tampa Bay, 8 de outubro de 1999) foi um pianista, organista, saxofonista, arranjador e compositor brasileiro. Ele era cego. Também foi um famoso líder de banda.[1] Manfredo era marido da compositora Lili Fest e pai do guitarrista Phill Fest.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Manfredo Fest era de ascendência alemã: seu pai foi um pianista de concerto da Alemanha, que ensinou na Universidade de Porto Alegre. Embora fosse cego, Fest aprendeu a ler em Braile. Com formação musical clássica, aos 17 anos de idade se interessou pelas obras de George Shearing e Bill Evans. Quando era estudante universitário, passou a trabalhar tocando bossa nova em São Paulo.

Em 1961, Fest graduou-se em piano pela Universidade do Rio Grande do Sul. Ele também aprendeu a tocar teclados e saxofone. Um ano mais tarde, começou sua carreira musical tocando em bares e clubes. Em 1963, Manfredo gravou seu primeiro LP, intitulado Bossa Nova, Nova Bossa. Neste álbum, tocou ao lado de Humberto Clayber (baixo), Antonio Pinheiro (bateria) e Hector Costita (saxofone e flauta).

Na década de 1970, viajou para os Estados Unidos, onde trabalhou com Sérgio Mendes. Seu álbum de estreia norte-americano Jungle Cat foi lançado em 1978. Manfredo Fest também fez parte de grupos notáveis, ​​incluindo Béla Fleck and the Flecktones.

Discografia[editar | editar código-fonte]

  • 1961: Classicos Dos Boleros
  • 1963: Bossa Nova, Nova Bossa
  • 1963: Evolução
  • 1965: Manfredo Fest Trio
  • 1965: Some People
  • 1966: Alma Brasileira
  • 1969: Bossa Rio
  • 1970: Alegria
  • 1972: Bossa Rock Blues
  • 1976: Brazilian Dorian Dream
  • 1978: Manifestations
  • 1987: Braziliana
  • 1989: Jungle Cat
  • 1992: Manfredo Fest and Friends
  • 1994: Oferenda
  • 1995: Começar de Novo
  • 1996: Fascinating Rhythm
  • 1997: Amazonas
  • 1998: Just Jobim

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]