Manuel Adelino Nunes de Sousa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Manuel Adelino Nunes de Sousa
Cidadania Portugal
Prêmios Grande-Oficial da Ordem Militar de Avis, Comendador da Ordem Militar da Torre e Espada

Manuel Adelino Nunes de Sousa ComTEGOA (? - 5 de Março de 1925) foi um militar português.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Sendo à data do nascimento de sua filha Comandante da Brigada Naval do Corpo de Marinheiros em Alcântara, foi Capitão-Tenente, mandado passar à situação de comissão nas Colónias, em serviço dos navios da Marinha Colonial a 7 de Dezembro de 1912,[1] e Capitão de Mar e Guerra,[2] tendo lutado na Primeira Guerra Mundial.

Condecorações[editar | editar código-fonte]

Grande-Oficial da Ordem Militar de Avis a 11 de Março de 1919 e Comendador da Ordem Militar da Torre e Espada, do Valor, Lealdade e Mérito a 19 de Outubro de 1920.[2][3][4]

Casamento e descendência[editar | editar código-fonte]

Casou em Lisboa, Santa Catarina, a 3 de Março de 1892 com Olímpia do Nascimento de Abreu, de quem teve uma filha, Olímpia Ema de Abreu Nunes de Sousa (Lisboa, Santa Isabel, a 31 de Outubro de 1897) casada em Lisboa, Santa Maria de Belém, a 5 de Junho de 1928 com José Rodrigo Dias Sanches, de quem foi primeira mulher, sem geração.[2]

Referências

  1. http://www.dre.pt/pdf1s%5C1912%5C12%5C28800%5C43594359.pdf[ligação inativa]
  2. a b c "Os Sanches de Vila Viçosa", José Rodrigo Dias Sanches, Lisboa, 1970, p. 133
  3. "A Ordem Militar Portuguesa da Torre e Espada - Subsídios para a sua História", Maria Alice Pereira de Lima Serrano, Edição do Autor, Lisboa, 1966, p. 362
  4. «Cidadãos Nacionais Agraciados com Ordens Portuguesas». Resultado da busca de "Manuel Adelino Nunes de Sousa". Presidência da República Portuguesa. Consultado em 11 de dezembro de 2015