Manuel António Conde

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Manuel António Conde em 1965

Manuel António da Silva Conde (Sé Nova,Coimbra - 25 de Dezembro de 1930), é ex-ministro das finanças de Portugal, e antigo Director-Geral das Finanças de Lisboa.

Manuel António da Silva Conde, nascido a 25 de Dezembro de 1930, em Sé Nova, Coimbra. Filho de Manoel Conde e Glória Flores Conde, começou a dar os primeiros passos na loja de seu pai. Viveu em Soure (Portugal) desde 1 de janeiro de 1931 até 1959, quando se mudou para Lisboa, devido a uma proposta política. Quando seu pai faleceu, tinha Manuel os seus 9 anos, viu a sua herança roubada por suas 4 irmãs e seus maridos. Jogou futebol e basquetebol no Grupo Desportivo Sourense. Anos depois foi convidado para jogar no Futebol Clube do Porto, o que recusou por motivos familiares.

Aos 27 anos casou se com Maria do Carmo Conde e teve dois filhos, Fernando em 1959 e Jorge a 1961. Trabalhou nas delegações das Finanças de Pombal (Portugal), Soure (Portugal), Figueira da Foz e Lisboa, onde foi muito bem sucedido.

Foi convidado para exercer o cargo de Ministro das Finanças por António de Oliveira Salazar em 1959 e demitiu-se a 14 de junho de 1965, 3 meses antes de acabar o seu mandato.

Reformou-se em 1994 e nunca mais voltou à vida política.

Referências

[1]

[2]

  1. Manuel António Conde
  2. Soure, A Terra Abençoada Pela Pátria (1942). Soure - Uma terra abençoada da Patria. Coimbra: Desconhecida. 148 páginas  Verifique data em: |acessodata= (ajuda);