Manuel Lanzini

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Manuel Lanzini
Manuel Lanzini
Manuel Lanzini em 2019.
Informações pessoais
Nome completo Manuel Lanzini
Data de nasc. 15 de fevereiro de 1993 (27 anos)
Local de nasc. Ituzaingó, Argentina
Nacionalidade argentino
Altura 1,67 m
destro
Informações profissionais
Clube atual West Ham
Número 10
Posição Meio-campista
Clubes de juventude
2002–2010 River Plate
Clubes profissionais
Anos Clubes
2010–2014
2011–2012
2014–2016
2015–2016
2016–
River Plate
Fluminense (emp.)
Al-Jazira
West Ham (emp.)
West Ham
Seleção nacional
2013
2017–
Argentina Sub-20
Argentina

Manuel Lanzini (Ituzaingó, 15 de fevereiro de 1993) é um futebolista argentino que atua como meio-campista. Atualmente joga no West Ham.

Clubes[editar | editar código-fonte]

River Plate[editar | editar código-fonte]

Conhecido pelos torcedores do River Plate como La Joia, usava a camisa 10 na equipe de juniores, onde se destacou junto a Erik Lamela. Na equipe principal, usou a camisa 20, jogou 22 jogos, dando 3 assistências, mas não marcou nenhum gol.[1]

Fluminense[editar | editar código-fonte]

Com o rebaixamento do River, a diretoria resolveu emprestar Lanzini ao Fluminense para colocá-lo novamente na vitrine do futebol europeu, embora ele tenha vindo ao Brasil como o passe estipulado em contrato, dando preferência de compra ao Fluminense. Foi apresentado no Fluminense junto a Alejandro Martinuccio e Rafael Sóbis, no dia 21 de julho de 2011, dia do aniversário de 109 anos do clube. Lanzini vestiu a camisa 11 do Flu, antes pertencente ao ídolo Darío Conca, tendo estreado com atuação destacada na vitória do Fluminense sobre o Figueirense, por 3 a 0, em partida válida pelo Campeonato Brasileiro, disputada no dia 17 de agosto de 2011.[2]

Lanzini marcou seu primeiro gol da carreira jogando pelo Fluminense, onde o tricolor venceu o São Paulo por 2 a 1. Na ocasião, ele dedicou o gol para sua mãe. Ele continuou jogando muito bem pelo Fluminense, onde seguiu até a metade de 2012. Neste ano, marcou um gol contra a Portuguesa pelo Campeonato Brasileiro. Este gol foi importante na conquista do Brasileirão. O Fluminense tentou um novo empréstimo do jogador, mas o River só aceitou vendê-lo em definitivo.

Volta ao River Plate[editar | editar código-fonte]

Após o Campeonato Brasileiro, Lanzini voltou do empréstimo e recebeu a camisa 10. No dia 5 de maio de 2013, Lanzini entrou para a história. Ele marcou o gol mais rápido do clássico do River contra o Boca Juniors, aos 45 segundos.[3][4] Também marcou no dia 12 de maio, na vitória sobre o All Boys por 2 a 0.[5] Já no dia 9 de junho, fez mais um gol na vitória por 2 a 1 contra o Independiente.[6]

Al-Jazira[editar | editar código-fonte]

Foi contratado pelo Al-Jazira, dos Emirados Árabes, no dia 10 de agosto de 2014.[7]

West Ham[editar | editar código-fonte]

Em julho de 2015 foi emprestado por uma temporada ao West Ham.[8][9] Posteriormente, em março de 2016, foi comprado em definitivo pelo clube.[10]

Seleção Nacional[editar | editar código-fonte]

Após defender a Seleção Argentina Sub-20 em 2013, estreou pela Seleção Argentina principal no dia 9 de junho de 2017, em um amistoso contra o Brasil.

Lesões[editar | editar código-fonte]

Chegou a ser convocado para a disputa dos Jogos Olímpicos de Verão de 2016[11], porém foi cortado devido a uma lesão no joelho.[12] Convocado para a Copa do Mundo de 2018, mas sofreu ruptura dos ligamentos do joelho direito durante um treinamento e novamente foi cortado. Enzo Pérez foi chamado para substituí-lo na delegação.[13]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

É filho do ex-jogador Héctor Lanzini e irmão do também jogador Tomás Lanzini.[carece de fontes?]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Fluminense
River Plate

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «River, con muy poco, sumó tres puntos vitales ante Tigre». Consultado em 14 de Maio de 2009 
  2. «Rafael Moura toma conta do jogo, Flu vence o Figueirense e encontra paz». GloboEsporte.com. 17 de agosto de 2011. Consultado em 1 de abril de 2020 
  3. «Boca sofre gol aos 45 segundos, mas consegue empatar com River Plate». GloboEsporte.com. 5 de maio de 2013. Consultado em 1 de abril de 2020 
  4. «Após empate no clássico, técnicos de Boca e River trocam farpas». GloboEsporte.com. 6 de maio de 2013. Consultado em 1 de abril de 2020 
  5. «Ex-Flu, Lanzini marca pelo River Plate». NETFLU. 13 de maio de 2013. Consultado em 13 de setembro de 2019 
  6. «Independiente perde para o River e enxerga rebaixamento mais perto». GloboEsporte.com. 9 de junho de 2013. Consultado em 1 de abril de 2020 
  7. «Lanzini fue presentado en el Al Jazira de Emiratos Árabes: "Tenía que salir de River alguna vez"» (em espanhol). infobae. 10 de agosto de 2014 
  8. «Manuel Lanzini completes year-long loan move to West Ham United from Al Jazira» (em inglês). Dailymail. 21 de julho de 2015 
  9. «West Ham anuncia a contratação de meia ex-Fluminense». Terra. 23 de julho de 2015. Consultado em 1 de abril de 2020 
  10. «West Ham paga R$ 45 milhões para ficar em definitivo com meia ex-Flu». LANCE!. 23 de março de 2016. Consultado em 1 de abril de 2020 
  11. «Los 18 olímpicos» (em espanhol). AFA. 14 de julho de 2016 
  12. «Río 2016: Manuel Lanzini fue desafectado de la selección olímpica y su lugar lo ocupará Cristian Pavón» (em espanhol). La Nación. 16 de julho de 2016 
  13. «Argentina: Enzo Pérez sustituye al lesionado Lanzini» (em espanhol). Infobae. 9 de junho de 2018 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]