Manuel Maria Toscano de Figueiredo e Albuquerque

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Manuel Maria Toscano de Figueiredo e Albuquerque
Nascimento 1789
Cantanhede
Cidadania Portugal
Ocupação magistrado, juiz
Prêmios Comendador da Ordem de Cristo

Manuel Maria Toscano de Figueiredo e Albuquerque ComC (Cantanhede, Ourentã, 2 de Abril de 1789 - 10 de Março de 1858) foi um magistrado português que lutou durante as Invasões Francesas.

Família[editar | editar código-fonte]

Filho de Manuel Toscano de Figueiredo e Albuquerque, Senhor da Casa de Valdoeiro e da Casa da Vacariça, e de sua mulher Joaquina Inácia de Cerveira e sobrinho paterno de José Joaquim Toscano de Figueiredo e Albuquerque, Bacharel em Cânones pela Universidade de Coimbra, Provedor de Moncorvo, Juiz de Fora em Trancoso, Arronches, etc.[1][2]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Senhor da Casa de Valdoeiro e da Casa da Vacariça, ambas na Vacariça, Mealhada, Bacharel em Leis pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra,[3] Fidalgo Cavaleiro da Casa Real a 29 de Setembro de 1852 em atenção aos serviços prestados na guerra da independência nacional e reconhecida probidade na carreira da magistratura,[4] Magistrado Judicial.[5]

Comendador da Ordem de Cristo a 13 de Dezembro de 1852, etc.[5]

Casamento e descendência[editar | editar código-fonte]

De sua mulher, cujo nome se desconhece, foi pai de Bernardo Maria Toscano de Figueiredo e Albuquerque, 1.º Visconde de Valdoeiro.[5]

Referências

  1. Leitura de Bacharéis, Maço 76, N.º 2
  2. "Mouzinho de Albuquerque", Fernando de Castro Pereira Mouzinho de Albuquerque e Cunha, Edição do Autor, 1.ª Edição, Cascais, Volume III, 1989, pp. 116 e 117
  3. Leitura de Bacharéis, 1813, Maço 58
  4. Mordomia, N.º s 8.254 a 8.258, L. 16, fl. 234 e L. 27, fl. 223
  5. a b c "Mouzinho de Albuquerque", Fernando de Castro Pereira Mouzinho de Albuquerque e Cunha, Edição do Autor, 1.ª Edição, Cascais, Volume III, 1989, p. 116