Manuel Robles Pezuela

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Manuel Robles Pezuela
Nascimento 23 de maio de 1817
Guanajuato
Morte 23 de março de 1862 (44 anos)
Cidadania México
Ocupação político, militar, ministro

Manuel Robles Pezuela (Guanajuato, 23 de Maio de 1817San Andrés Chalchicomula, Puebla, 23 de Março de 1862), foi um político e militar mexicano.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Foi ministro da guerra durante a presidência de Mariano Arista, cargo que manteve nos governos seguintes até ser nomeado ministro de relações exteriores por Ignacio Comonfort e mais tarde embaixador nos Estados Unidos.

Após o golpe de estado de Félix María Zuloaga contra Comonfort, foi nomeado por Zuloaga ministro da guerra e da marinha. Ao eclodir o plano de Navidad que visava a destituição de Zuloaga e reconhecia Miguel Miramón como presidente, encontrando-se este último ausente, Robles Pezuela foi nomeado presidente provisional até Miramón assumir o cargo. Com Miramón na presidência foi novamente nomeado ministro da guerra e da marinha e posteriormente incluído na comissão enviada à Europa com o propósito de negociar a vinda de um príncipe europeu para governar o país.

Uma vez regressado ao México, foi desterrado em Sombrerete, Zacatecas, sob a condição de não auxiliar as tropas europeias que entretanto haviam invadido o país (Janeiro de 1862). No entanto, Pezuela decidiu juntar-se aos invasores, pondo-se em marcha em direcção a Veracruz com vista a encontrar-se com Juan Nepomuceno Almonte. Foi interceptado no estado de Puebla pelas tropas do general Ignacio Zaragoza que ordenou que Pezuela fosse imediatamente fuzilado por traição à pátria.

Precedido por
Félix María Zuloaga
Presidente do México (interino - governo conservador)
23 de Dezembro de 1858 a 21 de Janeiro de 1859
Sucedido por
José Mariano de Salas