Manuel de Freitas da Fonseca

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Manuel de Freitas da Fonseca foi um administrador colonial português.[1]

Ocupou o cargo de governador e mestre-de-campo da capitania do Rio de Janeiro, no Brasil, entre 22 de abril de 1732 e 26 de junho de 1733.[1]

Assumiu o governo da capitania logo após a deposição de Luís Vaía Monteiro, declarado impedido pela Câmara por debilidade mental.[1][2] Governou por breve período até a assunção de Gomes Freire de Andrade, 1.º Conde de Bobadela.[1]

Referências

  1. a b c d «1732 – 1733: Manuel de Freitas da Fonseca». Identidades do Rio. UFF. Consultado em 10 de março de 2021 
  2. «1725 – 1732: Luís Vaía Monteiro». Identidades do Rio. UFF. Consultado em 10 de março de 2021 


Precedido por
Luís Vaía Monteiro
Governador do Rio de Janeiro
17321733
Sucedido por
Gomes Freire de Andrade,
1.º Conde de Bobadela


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.