María Zambrano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
María Zambrano
Data de nascimento 22 de abril de 1904
Local de nascimento Vélez-Málaga, Espanha
Nacionalidade Espanha Espanhola
Data de morte 6 de fevereiro de 1991 (86 anos)
Local de morte Madrid, Espanha
Ocupação Escritora e filósofa
Magnum opus De la aurora
Prémios Prémio Cervantes 1988

María Zambrano (Vélez-Málaga, 22 de abril de 1904 - Madrid, 6 de fevereiro de 1991) foi uma filósofa e escritora espanhola.

Foi a primeira mulher a ser agraciada com o Prêmio Miguel de Cervantes (1988)[1] .

Esteve exilada em vários países da Europa e da América do Sul, tendo regressado a Espanha em 1984, após o término da ditadura.

Referências

  1. «Biografía». Fundacion María Zambrano. Consultado em 5 de fevereiro de 2013. 
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.