Marília e Marina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Marília e Marina
 Brasil
1976 •  cor •  105 min 
Direção Luiz Fernando Goulart
Roteiro Leopoldo Serran (roteiro)
Luiz Fernando Goulart (roteiro)
Vinícius de Moraes (poema)
Elenco Denise Bandeira
Kátia D'Ângelo
Fernanda Montenegro
Gênero Drama
Erótico
Idioma Português
Página no IMDb (em inglês)

Marília e Marina é um filme brasileiro de drama erótico de 1976, dirigido por Luiz Fernando Goulart [1]. O roteiro é baseado no poema "Balada das duas mocinhas de Botafogo", de Vinícius de Moraes, que por sua vez se inspirou num fato real acontecido na década de 1950. Trilha sonora de Francis Hime. Trechos de programas de televisão dominicais como Fantástico e Sílvio Santos aparecem em algumas cenas.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

No Rio de Janeiro, as irmãs Marília e Marina cometem suicídio. Em seguida, a história das duas é contada em flashback. As duas são filhas da viúva Dona Glória, que faz doces para sobreviver. Marina, a irmã mais velha, é amante do playboy Marcos enquanto Marília namora o estudante Júlio. Marina briga com Marcos e, num impulso, resolve assediar Júlio. Os dois viajam até Petrópolis mas na volta Marina não quer mais nada com ele. Júlio tenta reatar com Marília mas a moça o despreza pois sabe sobre a traição dele. Dona Glória insiste com ela para que volte ao namoro com Júlio, enquanto Marina se envolve com Marcelo, o patrão casado. Novas desilusões esperam pelas moças.

Premiação[editar | editar código-fonte]

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]