Mar Morto (livro)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura outros significados de Mar Morto, veja Mar Morto (desambiguação).
Mar Morto
Autor (es) Jorge Amado
Idioma português
País  Brasil
Género Romance
Lançamento 1936
Cronologia
Último
Jubiabá
Capitães da Areia
Próximo

Mar Morto é um romance de autoria do escritor brasileiro Jorge Amado, membro da Academia Brasileira de Letras, publicado em 1936.

Enredo[editar | editar código-fonte]

O livro trata do nascimento, vida e morte do personagem Guma, que o autor descreve como sendo uma história que se conta nos cais baianos, uma lenda, como ele mesmo diz no final do livro: "assim contam os homens do mar". O livro conta ainda com a amada de Guma [Lívia], o filho do casal e inúmeros pescadores como Mestre Manuel e sua mulher que canta para o mar [Maria Clara], tudo isso temperado com a malandragem e os encantos da Bahia única de Jorge Amado.

Em verdade, o livro faz inúmeras referências a outros pescadores célebres, cita exaustivamente santos do candomblé e também descreve com grande detalhe o modo de vida miserável do "povo do mar", a morte sempre latente, naufrágos e amores.

A história central do romance seria mais tarde adaptada para a televisão, na telenovela Porto dos Milagres de Aguinaldo Silva.