Maracangalha (canção)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura outros sentidos do termo, veja Maracangalha.
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde Agosto de 2008). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

"Maracangalha", também conhecido como Eu vou para Maracangalha, é uma canção escrita pelo compositor baiano Dorival Caymmi.

História do nome[editar | editar código-fonte]

Caymmi tinha um amigo, Zezinho, que além de sua esposa e família, possuía com uma amante, quatro filhos, que moravam em outra parte de sua cidade. Dorival um dia perguntou qual desculpa ele usava para visitar a segunda família. Zezinho responde que mandava a si mesmo um telegrama, informando de negócios precisando de atenção na comunidade de Maracangalha (Bahia). Após voltar para sua família "oficial", Zezinho sempre trazia um saco de açúcar - trabalhava na usina da comunidade- como prova de onde havia ido. O músico, intrigado com a poesia nesse subterfúgio de usar o nome da comunidade, compôs Maracangalha de uma só vez.

Ícone de esboço Este artigo sobre uma canção é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.