Maranata

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura a igreja evangélica, veja Igreja Cristã Maranata.
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde fevereiro de 2012). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Maranata (do original em hebraico מרנא תא, maranâ tâ, "vem, Senhor!") é uma expressão aramaica que ocorre duas vezes na Bíblia. Primeiramente empregada pelo apóstolo Paulo na Primeira Epístola aos Coríntios capítulo 16 versículo 22 (Se alguém não ama ao Senhor, seja anátema. Maranata.), o termo é a composição de duas palavras, que transliteradas dão origem à palavra Maranata e que significa "O Senhor vem!" ou ainda "Nosso Senhor vem!". No desfecho do livro do Apocalipse, a mesma expressão é utilizada como uma oração ou pedido, desta feita na língua grega, e traduzida por: “Vem, Senhor”[1].

Origens históricas do nome[editar | editar código-fonte]

A palavra Maranata se encontra na bíblia em 1 Coríntios 16:22:

A expressão "Maranata" constitui-se num período após anátema. A palavra parece ter sido usada como uma "senha" entre os cristãos da igreja primitiva, e provavelmente foi neste sentido usada pelo Apóstolo São Paulo.[2]

De acordo com o Catecismo da Igreja Católica, no parágrafo 451 diz: "A oração cristã é marcada pelo título de «Senhor», quer no convite à oração: «O Senhor esteja convosco», quer na conclusão da mesma: «Por nosso Senhor Jesus Cristo», quer ainda pelo grito cheio de confiança e de esperança: «Maran atha» («O Senhor vem!») ou «Marana tha» («Vem, Senhor!») (1 Cor 16, 22): «Amen, vem, Senhor Jesus!» (Ap 22, 20)"[3].

Referências

  1. «Qual o Significado de "Maranata"?». compreendendoasescrituras.com.br. Consultado em 26 de janeiro de 2018 
  2. Tempo, Departamento Web Novo. «maranata». Biblia.com.br 
  3. «Catecismo da Igreja Católica. Parágrafos 422-682». www.vatican.va. Consultado em 26 de janeiro de 2018 
Ícone de esboço Este artigo sobre religião é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.