Maratona de Roterdã

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Maratona de Roterdão)
Ir para: navegação, pesquisa
Maratona de Roterdã
Abnamromarathon.png
Detalhes
Esporte Atletismo
Categoria(s) maratona
Criação 1981
Organizador Rotterdam Marathon B.V.
N.º de edições 36
N.º de participantes ~ 15.000
Frequência anual
Campeões
Primeiro
campeão
John Graham H
Marja Wokke M
Atual
campeão
Marius Kimutai H
Meskerem Assefa M
Maior
campeão
Belayneh Densamo H
Tegla Loroupe M
Site oficial
marathonrotterdam.org

Maratona de Roterdã (oficialmente ABN AMRO Marathon Rotterdam por questões de patrocínio) é uma corrida de 42,195 km de extensão disputada anualmente desde 1981 na cidade de Roterdã, na Holanda. Uma das mais rápidas provas deste gênero pelo percurso plano e condições climáticas favoráveis, é a mais popular maratona do país e uma das mais importantes da Europa pelo seu alto nível técnico e grande participação popular.

É conhecida por ser uma prova que proporciona tempos rápidos, pois já foi palco da quebra de três recordes mundiais: Carlos Lopes, de Portugal, em sua primeira maratona depois de sagrar-se campeão olímpico em Los Angeles 1984, conseguiu ali o tempo de 2:07:12 em abril de 1985. Três anos depois, o etíope Belayneh Densamo quebrou a marca de Lopes com um tempo de 2:06:50. Em 1998, a queniana Tegla Loroupe estabeleceu o recorde mundial feminino de 2:20:47.[1]

História[editar | editar código-fonte]

A história da maratona remonta a 23 de maio de 1909, quando a primeira destas provas foi realizada na cidade e vencida por um belga, chamado Niset. Nas décadas seguintes, por três vezes a cidade de Roterdã sediou o campeonato holandês de maratona. Em 1980, surgiu a idéia de criar uma prova anual realmente internacional para a cidade, entre os diretores de clubes de atletismo e um entusiasta, Gerard Rooijakkers, funcionário da Câmara Municipal de Rotterdam.[2] Em 23 de maio de 1981, aconteceu a primeira edição, com cerca de 200 participantes, vencida pelo escocês John Graham em 2:09:28. O tempo de Graham era tão rápido – o terceiro melhor do mundo na época – que a maratona atraiu a atenção da imprensa especializada e dos aficionados, como uma nova prova rápida e importante. Mais que isso, fez com que o serviço de notícias da rádio holandesa NOS chegasse a sugerir que a prova tinha uma distância menor que a oficial.[2] A holandesa Marja Wokke foi a primeira vencedora entre as mulheres.[3]

Disputada debaixo de chuva em sua primeira edição, em 1982 foi o vento forte que impediu um melhor resultado. A prova foi vencida pelo mexicano Rodolfo Gomez em 2:11:57,[2] depois de uma disputa com o ídolo local Gerard Nijboer, a mesma que os dois haviam feito dois anos antes nos Jogos Olímpicos de Moscou, onde o holandês levou vantagem sobre Gomes e conquistou a medalha de prata olímpica.[4] O ano de 1983 assistiu aquele que foi o mais forte contingente de maratonistas já reunidos para uma única maratona na Holanda. Carlos Lopes, de Portugal, Robert de Castella, da Austrália, Alberto Salazar, dos EUA, Rodolfo Gomez do México e o belga Armand Parmentier disputaram a prova. A presença de Salazar, o campeão norte-americano de Nova York e Boston, até então imbatível, atraiu uma grande atenção da imprensa internacional e a maratona foi transmitida ao vivo pela televisão para todo o mundo. De Castella venceu a prova com o melhor tempo mundial do ano para a maratona e Lopes ficou em segundo. Salazar perdeu ali sua primeira maratona, ficando em quinto lugar.[5]

Os recordes de Lopes em 1985 e do etíope Densamo em 1988 estabeleceram a fama desta prova como maratona de elite mundial. Na década de 1990, os africanos começaram o seu domínio da prova, assim como em todas as maratonas e corridas de rua do mundo, e desde 1999 o Quênia (todas entre 1999 e 2011)[3] e a Etiópia tem vencido todas as provas no masculino.

Com um total de seis corredores diferentes que já a correram em menos de 2h05m,[6] a Maratona de Rotterdam é considerada a mais rápida do mundo na atualidade, pela média dos dez melhores tempos já conseguidos ali, todos de quenianos e etíopes.[2]

O recorde atual da prova pertence a Duncan Kibet, do Quênia, 2:04:27, de 2009, numa prova em que outro queniano, James Kwambai, ficou com o mesmo tempo mas chegou dois metros atrás, na mais apertada chegada da história da prova.[1] Entre as mulheres, o recorde é da etíope Tiki Gelana, 2:18:58, recorde nacional feminino etíope e sua última maratona antes de conquistar a medalha de ouro olímpica em Londres 2012.[7]

Vencedores[editar | editar código-fonte]

Nota: recorde da prova M e F recordes mundiais anteriores

Masculino[editar | editar código-fonte]

Ano Atleta País Tempo
2017 Marius Kimutai Quénia 2:06:04
2016 Marius Kipserem Quénia 2:06:11
2015 Abera Kuma Etiópia 2:06:47
2014 Eliud Kipchoge Quénia 2:05:00
2013 Tilahun Regassa Etiópia 2:05:38
2012 Yemane Tsegay Etiópia 2:04:48
2011 Wilson Chebet Quénia 2:05:27
2010 Patrick Makau Quénia 2:04:48
2009 Duncan Kibet Quénia 2:04:27
2008 William Kipsang Quénia 2:05:49
2007 Joshua Chelanga Quénia 2:08:21
2006 Sammy Korir Quénia 2:06:38
2005 Jimmy Muindi Quénia 2:07:50
2004 Felix Limo Quénia 2:06:14
2003 William Kiplagat Quénia 2:07:42
2002 Simon Biwott Quénia 2:08:36
2001 Josephat Kiprono Quénia 2:06:50
2000 Kenneth Cheruiyot Quénia 2:08:22
1999 Japhet Kosgei Quénia 2:07:09
1998 Fabián Roncero Espanha 2:07:26
1997 Domingos Castro Portugal 2:07:51
1996 Belayneh Densamo Etiópia 2:10:30
1995 Martín Fiz Espanha 2:08:57
1994 Vincent Rousseau Bélgica 2:07:51
1993 Dionicio Cerón México 2:11:06
1992 Salvador García México 2:09:16
1991 Robert de Castella Austrália 2:09:42
1990 Hiromi Taniguchi Japão 2:10:56
1989 Belayneh Densamo Etiópia 2:08:39
1988 Belayneh Densamo Etiópia 2:06:50
1987 Belayneh Densamo Etiópia 2:12:58
1986 Abebe Mekonnen Etiópia 2:09:09
1985 Carlos Lopes Portugal 2:07:12
1984 Gidamis Shahanga Tanzânia 2:11:12
1983 Robert de Castella Austrália 2:08:37
1982 Rodolfo Gómez México 2:11:57
1981 John Graham Reino Unido 2:09:28

Feminino[editar | editar código-fonte]

Ano Atleta País Tempo
2017 Meskerem Assefa Etiópia 2:24:18
2016 Leterbrhan Gebreslasea Etiópia 2:26:15
2015 Asami Kato Japão 2:26:30
2014 Abebech Afework Etiópia 2:27:50
2013 Jemima Sumgong Quénia 2:23:27
2012 Tiki Gelana Etiópia 2:18:58
2011 Philes Ongori Quénia 2:24:20
2010 Aberu Kebede Etiópia 2:25:25
2009 Nailya Yulamanova Rússia 2:26:30
2008 Lyubov Morgunova Rússia 2:25:10
2007 Hiromi Ominami Japão 2:26:36
2006 Gishu Mindaye Etiópia 2:28:30
2005 Lornah Kiplagat Países Baixos 2:27:36
2004 Zhor El Kamch Marrocos 2:26:10
2003 Olivera Jevtić Sérvia e Montenegro 2:25:23
2002 Takami Ominami Japão 2:23:43
2001 Susan Chepkemei Quénia 2:25:45
2000 Ana Isabel Alonso Espanha 2:30:21
1999 Tegla Loroupe Quénia 2:22:48
1998 Tegla Loroupe Quénia 2:20:47
1997 Tegla Loroupe Quénia 2:22:07
1996 Lieve Slegers Bélgica 2:28:06
1995 Mónica Pont Espanha 2:30:34
1994 Miyoko Asahina Japão 2:25:52
1993 Anne van Schuppen Países Baixos 2:34:15
1992 Aurora Cunha Portugal 2:29:14
1991 Joke Kleijweg Países Baixos 2:34:18
1990 Carla Beurskens Países Baixos 2:29:47
1989 Elena Murgoci Roménia 2:32:03
1988 Xiao Hongyan China 2:37:46
1987 Nelly Aerts Bélgica 2:41:24
1986 Ellinor Ljungros Suécia 2:41:06
1985 Wilma Rusman Países Baixos 2:35:32
1984 Carla Beurskens Países Baixos 2:34:56
1983 Rosa Mota Portugal 2:32:27
1982 Mathilde Heuing Alemanha Ocidental 2:54:03
1981 Marja Wokke Países Baixos 2:43:23

Vencedores por nações[editar | editar código-fonte]

Galeria[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «Queniano faz 3ª melhor marca do mundo na Maratona de Rotterdam». Runner's World Brasil. Consultado em 25 de abril de 2013 
  2. a b c d «History». ABN AMRO Marathon Rotterdam. Consultado em 25 de abril de 2013 
  3. a b «PALMARES MARATHON DE ROTTERDAM». marathoninfo.com. Consultado em 25 de abril de 2013 
  4. «Men Marathon Olympic Games Moscow 1980». todor66.com. Consultado em 25 de abril de 2013 
  5. «(FRANCOIS) ROBERT DE CASTELLA MBE». Athletics Australia. Consultado em 25 de abril de 2013 
  6. «MARATHON - MEN - SENIOR - OUTDOOR». IAAF. Consultado em 25 de abril de 2013 
  7. «Wall of Fame 2011-2012». ABN AMRO Marathon Rotterdam. Consultado em 25 de abril de 2013