Marcelino Sanz de Sautuola

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Marcelino Sanz de Sautuola
Nome nativo Marcelino Sanz de Sautuola y Pedrueca
Nascimento 2 de junho de 1831
Santander
Morte 30 de março de 1888 (56 anos)
Santander
Residência Puente San Miguel
Cidadania Espanha
Ocupação antropólogo, arqueólogo, naturalista, pré-historiador

Marcelino Sanz de Sautuola (18311888) foi farmacêutico, botânico e arqueólogo espanhol. Descobriu a Cueva de Altamira, na Cantábria, Espanha, em 1875.

Vindo somente em 1879 a descobrir as pinturas policromas no interior da Caverna de Altamira, com a ajuda de sua filha Maria.

A autenticidade de sua descoberta foi questionada por inúmeros cientistas, o que fez com que o arqueólogo se isolasse e viesse a falecer anos depois ainda desacreditado em 1888.