Marcella Althaus-Reid

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Marcella María Althaus-Reid (1952, Rosário, Argentina - 2009, Edimburgo, Escócia), teóloga, catedrática de Teologia Contextual e Docente Senior de Teologia Sistemática e Ética Cristã na Escola de Teologia de New College, Universidade de Edimburgo, Escócia. Quando tomou posse era a única professora de teologia em uma universidade escocesa e tornou-se a primeira professora de teologia em New College em seus 160 anos de história. Participou dos movimentos LGBT e feminista.

Vida[editar | editar código-fonte]

Nasceu em Rosário, Argentina. Viveu em Buenos Aires, onde obteve a Licenciatura en Teologia pelo ISEDET. Ali estudou com teólogos da libertação José Míguez Bonino e José Severino Croatto. Foi uma das primeiras mulheres de seu país a ter acesso a altos graus acadêmicos em teología.

Foi membro da Igreja Evangélica Metodista Argentina. Desenvolveu experiência no método de concientização de Paulo Freire. Praticou com êxito projetos comunitários e sociais apoiados pela igreja em bairros pobres de Buenos Aires.

Devido à experiência e aos resultados que obteve, foi convidada para trabalhar em bairros pobres de Dundee e Perth, coordenando projetos de concientização popular inspirados na pedagogia da libertação de Paulo Freire. Completou seu doutorado em 1994 na Universidade de St. Andrews, Escócia, apresentando sua tese sobre a influência de Paul Ricoeur na metodología da teologia da libertação.

Posteriormente, foi nomemada catedrática em Edimburgo como Diretora do Mestrado em Teologia e Desenvolvimento. Seus interesses incluíram a teologia da libertação, a teología feminista e a teología queer.

Foi editora associada da revista Studies in World Christianity: the Edinburgh Review of Theology and Religion e membro do Corpo Editorial da revista Concilium.

Althaus-Reid faleceu en 20 de fevereiro de 2009, em Edimburgo, Escócia, onde residia desde 1986. No momento de sua morte, era Diretora da Associação Internacional de Teologia Queer, Diretora do Projeto de Teologia Queer da Universidade de Edimburgo, e membro da Igreja da Comunidade Metropolitana. Nos últimos anos da sua vida, trabalhou com o também teólogo argentino Iván Petrella no desenvolvimento da teologia da libertação no mundo anglo-saxão.

Área de pesquisa[editar | editar código-fonte]

Sua pesquisa teológica aprofundou questões de sexualidade, estudos de gênero, assim como o corte materialista e feminista na hermenêutica bíblica. Foi criadora de um original enfoque teológico, a teología queer, em que o tema da libertação se centra na condição da discriminação das pessoas de orientação LGBT.

Legado[editar | editar código-fonte]

Seu primeiro livro, Indecent theology: theological perversions in sex, gender and politics (Londres: Routledge, 2000), a fez conhecida internacionalmente. Junto a seu segundo livro, The Queer God (Londres: Routledge, 2003), estabeleceu um novo campo no estudo da teologia. Em sua abordagem, criticou às teologias feministas e da libertação, acrescentando as dimensões da teologia da sexualidade.

Obra[editar | editar código-fonte]

Livros

  • Life out of death : the feminine spirit in El Salvador (con Marigold Best; Pamela Hussey y Ecumenical Program on Central America and the Caribbean). 1997. Washington: Ecumenical Program on Central America and the Caribbean. ISBN 978-0-918346-17-9
  • Indecent theology: theological perversions in sex, gender and politics. 2000. Londres; New York: Routledge. ISBN 978-0-203-46895-1
  • The Queer God: sexuality and liberation theology. 2003. Londres, New York: Routledge. ISBN 978-0-415-32324-6
  • "Veníamos de otras tierras: a reflection on diásporas, liberation theology and Scotland", en Storrar, William; Donald, Peter (eds.) 2003. God in Society: doing social theology in Scotland today. Edimburgo: Saint Andrews Press. ISBN 978-0-7152-0803-8
  • From feminist theology to indecent theology : readings on poverty, sexual identity and God. 2004. Londres: SCM Press. ISBN 978-0-334-02983-0
  • The sexual theologian : essays on sex, God and politics. 2004. Londres; New York: T & T Clark. ISBN 978-0-567-08212-1
  • La teología indecente: perversiones teológicas en sexo, género y política. 2005. Barcelona: Bellaterra. ISBN 978-84-7290-275-6
  • Liberation theology and sexuality (editora). 2006. Aldershot; Burlington: Ashgate. ISBN 978-0-7546-5080-5
  • Another possible world (con Iván Petrella y Luiz Carlos Susin). 2007. Londres: SCM Press. ISBN 978-0-334-04094-1
  • Controversies in feminist theology (con Lisa Isherwood). 2007. Londres: SCM Press. ISBN 978-0-334-04050-7
  • Controversies in body theology (editora, con Lisa Isherwood). 2008. Londres: SCM Press. ISBN 978-03-3404-157-0

Tese de doutorado (Ph.D.)

  • Paul Ricoeur and the methodology of the theology of liberation : the hermeneutics of J. Severino Croatto, Juan Luis Segundo and Clodovis Boff. Julio de 1993. St Andrews: Universidad de St Andrews

Artigos em revistas acadêmicas

  • "When God is a rich white woman who does not walk: the hermeneutical circle of mariology and the construction of femininity in Latin America", en Theology & sexuality 1: 1. 1994. Londres: SAGE Publications, 55-72
  • "Sexual strategies in practical theology: indecent theology and the plotting of desire with some degree of success", en Theology & sexuality 4: 7. 1997. Londres: SAGE Publications, 45-52
  • "On wearing skirts without underwear: indecent theology challenging the liberation theology of the pueblo. Poor women contesting Christ", en Feminist theology 7: 20. 1999. Sheffield: Sheffield Academic Press, 39-51
  • "¿Bien sonados?: the future of mystical connections in liberation theology", en Political theology 3. 2000. Londres: Equinox Publishing, 44-63
  • "In memoriam Dr María Teresa Porcile Santiso: the beginning of her Gran Viaje", en Studies in world Christianity 7: 2. 2001. Edimburgo: Edinburgh University Press, 241-243
  • "Sexual Salvation: The Theological Grammar of Voyeurism and Permutations", en Literature and theology 15: 3. 2001. Oxford: Oxford University Press, 241-248
  • "On non-docility and indecent theologians: a response to the panel for indecent theology, en Feminist theology 11: 2. 2003. Sheffield: Sheffield Academic Press, 182-189
  • ""Pussy, Queen of Pirates": Acker, Isherwood and the debate on the body in feminist theology", en Feminist theology 12: 2. 2004. Sheffield: Sheffield Academic Press, 157-167
  • "'Living la vida loca': reflexiones sobre los amores ilegales de Dios y la defensa de la vida", en Revista de interpretación bíblica latinoamericana 57. 2007/2. Quito: RECU, 65-69. ISSN 1390-0374

Dirigiu com Lisa Isherwood aa série Queering Theology, da editora londrina Continuum.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]